Translate...

13 de agosto de 2013

Week 31...

Depois do susto no hospital, tive mesmo que meter na cabeça que tinha que ter descanso absoluto. E assim foi... Fiz muito pouco (ou quase nada...) cá em casa e tive sempre o homem a cuidar de mim... Apesar de ter ser sempre bom, sermos apaparicadas assim, confesso que este estado de não poder fazer nenhum me anda a dar cabo dos nervos. 

É realmente uma coisa que me tem andado a dar cabo da cabeça (eu e os meus macaquinhos nos sótão fazem umas festas em grande...) é o facto de um me sentir inútil. A verdade é que não estou a trabalhar, as minhas costuras estão interrompidas, e não consigo fazer nada em casa. Eu bem sei que é devido a questões de saúde, mas custa -me mesmo... Enfim... Já tínhamos falado do assunto à algum tempo (e eu fui adiado a ideia) mas teve mesmo de ser. A partir desta semana temos ajuda cá em casa, uma vez por semana.

O sentimento de culpa não me larga (não porque seja caro por aí além... em Amesterdão seria mais do dobro certamente...) mas a verdade é que ao mesmo tempo, também me sinto mais descansada por saber que já não me preciso de preocupar com as limpezas (nem de stressar o meu amor com isto), o com o resultado que estas faziam às minhas costas!

Adiante... Fizemos a 3.º ecografia. Pois que não admira que eu esteja mal das costas (para além das maleitas pré-gravidez...), trago uma pequena lontra dentro de mim!!! Ora que já tem quase dois kilos  - DOIS KILOS - e um percentil de xxx. Claro que são apenas valores estimados, mas temos cá para nós que ele vai ser mesmo grande (também tem a quem sair, não é verdade...) e a médica estima que ele nasça com 3,500kg 3,800kg... Uma pequena lontra como disse!!!

As aulas de preparação continuam a bom ritmo, sempre com assuntos importantes e pertinentes. Numa destas aulas falamos com uma Técnica de Saúde Ambiental no âmbito da segurança infantil, nomeadamente na questão da segurança rodoviária. Apesar de já estarmos ao corrente da maioria das questões de segurança, foi extremamente importante rever algumas questões e tirar algumas dúvidas.

Credits APSI
Os bebés têm o pescoço muito frágil e a cabeça grande e pesada pelo que podem sofrer ferimentos muito graves com grande facilidade a quando dum embate. Assim, segundo a APSI, Associação para a Promoção da Segurança Infantil, os recém nascidos (cadeirinhas dos 0-13 kg, normalmente denominadas por Grupo 0+), devem viajar sempre numa cadeirinha voltada para trás. Estas podem ser instaladas no banco da frente ou no de trás, utilizando um cinto de + 3 pontos (NUNCA podem ser instaladas num lugar que tenha um airbag frontal activo).

Outra das ideias discutidas foi a questão das alcofas. Nós optamos por escolher um trio com alcofa, primeiro porque não tínhamos ideia de comprar uma cama de grades aqui em Portugal (agora já herdamos uma cama gira gira, duns amigos...) uma vez que vamos ficar pouco tempo, e por outro lado porque segundo alguma informação que tínhamos recolhido, as alcofas seriam o ideal para viagens de longo curso, uma vez que que os bebés não devem estar mais de 2 a 2h30 seguidas na cadeirinha, mais conhecida pelo ovo. 

Ora que segundo as recomendações da APSI, as cadeirinhas para os recém-nascidos e bebés pequenos são tidas como as mais indicadas, pois nestas cadeiras o bebé não viaja demasiado direito e vai bem aconchegado e confortável. Segundo os mesmo, são preferíveis em relação às alcofas para automóvel onde a criança viaja deitada, pois nas alcofas, o bebé não é bem amparado e a maioria dos embates são transformados em choques laterais, que são muito mais perigosos para o bebé.

Apesar da nossa alcofa estar homologada segundo a norma europeia ECE R44/04 (para crianças dos 0Kg aos 10 Kg) e de existir um sistema próprio que incluí um cinto de retenção para o bebé e 2 fixagens para a alcofa, ainda estamos com algumas dúvidas em utiliza-lá em transporte... A verdade é que lá fora se vê imenso as alcofas usadas em automóveis, e em alguns países estas até são as mais recomendadas... Ficamos com algumas dúvidas, e para já para já, a nossa pequena lontra, vai andar no ovo, que será preso ao carro através do sistema isofix.

3.º Ecografia - 31 semanas

Sem comentários: