Translate...

25 de fevereiro de 2015

About vaccination...

Isto há coisas/teorias que me fazem muita confusão, mas eu respeito... Cada um sabe de si, e com dizia a minha bisavó, e Deus Nosso Senhor sabe de todos! Mas isto de não vacinar os miúdos tira-me do sério... Mas está toda a gente parva???

Depois de ler isto num blog novo que gosto muito, lá deixei a minha opinião sobre este assunto:
Nós moramos em Amesterdão, numa sociedade multi-cultural e bastante tolerante... Mas há uma coisa que me faz confusão... A quantidade de pessoas que não vacinas as crianças... porque patati, patatá... Não me levem a mal, e não querendo ofender ninguém, mas acho que devia de ser OBRIGATÓRIO por lei pais que não vacinasse os filhos deviam de ser julgados por homicídio involuntário... Será extremismo da minha parte? Temos que ser tolerantes e todos nos temos que respeitar, é um facto... Eu posso não compreender mas respeitar as opiniões diferentes das minhas... Agora o que eu não tolero de todo, é que a vida do meu filho fique em risco, porque um totó decidiu não vacinar o filho. Ainda aqui à uns tempos, tivemos na Holanda um surto de sarampo (ou meningite, já não me lembro bem) e andou tudo doido, por causa disso. Quer dizer já não vivemos na idade média, a informação existe e está disponível a todos...
Anónimo29 de janeiro de 2015 às 05:34
E quem não tem dinheiro para comprar? A criança é isolada? Os pais vivem com o medo constante?
Gostaria de responder só a este Anónimo, e espero que não me leve a mal. Segundo sei, em Portugal, as vacinas que estão incluídas no PNS não são pagas. Aliás, segundo sei, as crianças podem tomar essas mesmas vacinas no Centro de Saúde e fazerem aí as consultas de rotina, sem qualquer custo para os pais. Daí eu não perceber quando diz que a criança deve viver isolada e os pais em medo constante...Na verdade, e espero que não me leve a mal mais uma vez (nem as restantes das leitoras do blog), acho que em Portugal se vive na constante "necessidade" de ir ao pediatra... Consultas de 3 em 3 meses, consultas de gripes e constipações, consultas sobre se eles podem passar para o quarto deles, se podem comer o legume X ou Y, se podem usar o champô X ou Y... Sinceramente parece-me excessivo, excessivo de mais! Os pais deixaram de ter voz para se renderem à vontade/teoria do pediatra pelo qual são seguidos.Confesso que tenho saudades do nosso Sistema Nacional de Saúde. Sim, pode estar perneta e muito maltratado, pelo Estado e por NÓS, que por qualquer coisinha vamos a correr encher as salas de espera e na maioria das vezes sair de lá com uma palmadinha na costas, ou com uma constipação pior! O meu pequeno nasceu em Portugal, onde fomos sempre seguidos em exclusivo no Público, e até aos 3 meses também (sendo que na altura saímos de PT) e ficamos muito satisfeitos. Sempre que tínhamos alguma dúvida sobre amamentação ou qualquer coisa do género, ligávamos ou íamos directamente e pedíamos para falar com uma enfermeira, e sempre nos atenderam com o maior profissionalismo e o maior dos carinhos. Ainda fomos de férias no Verão passado, e liguei para tirar algumas dúvidas sobre a introdução dos sólidos (moramos na Holanda e a alimentação é bem diferente), não tinham um enfermeira disponível, mas ficaram em ligar mais tarde e assim o fizeram.As crianças não precisam de ficar isoladas e os pais também não ;)

Equal rights for women...

O que fica dos Óscares 2015...

Mais do que as roupas, os vestidos, as gafes, os que as vedetas comem, o que bebem e coisa e tal, o que fica sem dúvida da cerimónia desde ano é o discurso de Patricia Arquette, distinguida como Melhor Actriz Secundária pelo filme "Boyhood".


"To every woman who gave birth, to every taxpayer and citizen of this nation, we have fought for everybody else’s equal rights, it’s our time to have wage equality once and for all, and equal rights for women ..."
Patricia Arquette

22 de fevereiro de 2015

8.52 | 2015

A portrait of my child, once a week, every week, in 2015
8 | 2015
Depois de um dia em cheio, almoço com os amigos com direito a cafézinho e pastel de nata, fomos ver os aviões. A ideia era ele adormecer, o que por norma acontece mal entra no carro, mas desta vez, para alegria do pai, chegou acordado ao spot escolhido para ver os aviões... E ali estiveram os dois, numa cumplicidade que é só deles e que eu gosto tanto de ficar a apreciar...

19 de fevereiro de 2015

Why moms get NOTHING DONE...

É isto... o dia todo... 
No meu caso mais em modo Godzila... que esta menina é uma lady ao pé do terror que tenho em casa!

18 de fevereiro de 2015

Blog challenge...

Credits keepcalm-o-matic.co.uk
A Vera do Love Adventure Happiness fez-me um desafio que resolvi aceitar. Aqui ficam as minhas respostas.


Regras do desafio...

  • Responder a 10 perguntas que te foram colocadas
  • Nomear 3 a 10 seguidores (não podes nomear quem te nomeou)
  • Criar 10 perguntas para quem tu nomeares 
  • Avisar os seguidores, que tu escolheste, com o link do post do desafio
  • Avisar quem te nomeou para que possa ver as tuas respostas ;)


Respostas...

1- O que te motivou a começares o teu blog?

Não me lembro mesmo... acho que na altura foi só porque sim... Para experimentar as novas tecnologias... Acho que só começou a ter mesmo um significado especial para mim depois de casar e de começamos esta aventura pela Holanda.

2- Porquê o nome do teu blog?
É uma alusão a um nome de família do meu avó paterno, Perestrello

3- Qual a coisa que mais gostas na cidade onde vives?
Assim de repente talvez da multi-culturalidade, dos jardins e espaços verdes, dos museus, dos canais, das tulipas...  

4- E a coisa que menos gostas?
Do lixo! Não que a cidade em si seja muito suja, porque não é... Mas isto é porque os serviços de limpeza trabalham todos os dias. farto-me de ver pessoas por lixo pro chão e fico doente! Nos canais então é uma tristeza... A cidade era tão mais bonita se as pessoas que cá morassem tomassem. verdadeiramente conta dela!

5- Se fosses um animal qual serias e porquê?
Hum... um gato. A minha gata tem uma vidinha muito jeitosa ;)

6- Se pudesses mudar uma coisa no mundo, o que seria?
A fome! Sempre fui sensível a este assunto, detesto estragar comida, se deixo estragar uma maça entro em stress... Desde que fui mãe,  imagens de crianças a passar fome é coisa que não consigo ver. A campanha do Zlatan Ibrahimović emocionou-me imenso... 

7- Qual o teu sítio favorito?
A minha casa... Seja lá onde ela for, desde que estejamos os três juntos e a nossa Maggie.

8- Quem é o teu herói?
O meu marido... É o maior da minha aldeia!

9- Qual o alimento que não dispensas na tua vida?
Chocolate...

10- Qual é a coisa que mais te irrita?
A falta de responsabilização...


Perguntas...
  1. Uma personalidade que te marque
  2. Um livro
  3. Melhor série de Tv que viste e porquê?
  4. Melhor viagem que fizeste
  5. Um destino a ir
  6. Não sais de casa sem?
  7. Maior defeito
  8. Maior virtude
  9. O que te deixa feliz?
  10. Doce ou salgado?
Nomeados...

Count...

Credits lifehack.org

17 de fevereiro de 2015

Child-friendly?

Em Portugal, ou pelo menos para os nossos lados existem poucos (para não dizer nenhuns...) sítios destes... Talvez em Lisboa e no Porto já comecem a existir, mas como em muitas coisas no nosso país, infelizmente o resto é paisagem...

Ora e o que é isto de child-friendly?
A child-friendly place has special featuresthat parents and children like: The hotel is very child-friendly and offers a babysitting service.
Suitable for children: The book provides child-friendly definitions of mathematical words.

15 de fevereiro de 2015

7.52 | 2015

A portrait of my child, once a week, every week, in 2015
7 | 2015
Esta semana fez 16 meses... Deus! Está um homem! Fala pouco, pelo menos do que tenho lido para esta idade, mas é o que se espera de crianças bilingues e o que o pediatra nos disse na consulta do 12 meses. Em casa português, na creche holandês, quando estamos com amigos por norma é inglês... e com algum jeitinho a avó Fernanda ainda lhe fala em Francês!!! 

11 de fevereiro de 2015

Mauritshuis...

Fez parte das nossas resoluções de ano novo... Tirar o Museumkaart e aproveitar este país (há que passar a ver o copo mais cheio que vazio... yep... este país ainda não me agrada, mas ainda há muito para descobrir...)...

O Museumkaart é um cartão de museus pessoal e custa qualquer coisa por volta dos 60€. Carote? Nem por isso, considerando que o cartão dá cesso ilimitado a mais de de 400 museus, palácios, castelos, monumentos, jardins botânicos... enfim... em toda a Holanda. 

Decidimos então começar o ano pelo Mauritshuis, em Haia. O Mauritshuis é um edifico histórico no centro de Haia, construído por ordem de João Maurício de Nassau, governador holandês do Brasil no século XVII. Hoje é a sede da Real Galeria de Pinturas de Maurishuits, possui um dos mais importantes acervos de arte da Holanda., compreendendo mais de 800 obras de pintura de entre as quais se destacam a Lição de Anatomia, de Rembrandt e A rapariga com o brinco de pérola, de Vermeer.

Estava de chuva... Não temos fotos cá fora!

Credits Wikipédia
1. Old Woman and Boy with Candles, Peter Paul Rubens

2. The Laughing Man, Rembrandt

10 de fevereiro de 2015

Not all superheros wear capes...

Credits mom.me

Hoje uma notícia do Sol tinha este título: O que as mães fazem e não contam a ninguém. Ora a questão é simples... se as mães não contam a NINGUÉM como é que os senhores sabem? Adiante... O artigo até acaba por ser engraçado... As mães são acima de tudo super-heróis sem capa... 

8 de fevereiro de 2015

6.52 | 2015

A portrait of my child, once a week, every week, in 2015
6 | 2015
Esta semana começou bem... mas acabou com febres altas... Não sei se terão sido dentes (tem praí uns 4 ou 5 a rebentar...) se terá sido uma dessas viroses malucas que por aí andam!. Na quarta estava bem e dormiu a noite toda (aí umas 11h / 11h30), na quinta já ficou em casa cheio de febre... Ainda assim, não deixou de brincar com os avós que nos fizeram uma visita este fim de semana. É uma doçura esta minha criança!

1 de fevereiro de 2015

5.52 | 2015

A portrait of my child, once a week, every week, in 2015
5 | 2015
Esta semana acabou com neve! A primeira neve do meu Sebastião... E foi tão giro sair de manhã de casa com ele de mão dada (sim... já tenho um menino grande!) e ver a reacção ao branco, ao barulho do pézinhos no gelo, ao brilho e à luz da neve!!! O fato impermeável da H&M deu um jeitão, ele fartou-se de brincar e cair, andar de baloiço e ... comer neve (yep... verdade... comeu neve!!!) e não se molhou nadita (fora o calçado, preciso de lhe comprar uns botins decentes). Happy days...