Translate...

26 de dezembro de 2012

Joana em Versalhes...


No post de Versalhes  falei de exposição da Joana Vasconcelos. Apesar de ter ficado desiludida com Versalhes, principalmente com os jardins - talvez por estarem 40º à sombra.... - o que realmente valeu o preço do bilhete foi a exposição de arte contemporânea. Ora que a nossa Joana foi a primeira portuguesa, a primeira mulher e a mais jovem artista contemporânea a expor no Palácio de Versalhes. A exposição foi composta por 17 obras de arte, das quais 8 foram especialmente produzidas para a mesma. 
Nunca mais me lembrei de por as fotos. Aqui estão elas...

1. MARY POPPINS, 2010 (Tricô e croché em lã feitos à mão, malha industrial, tecidos, adereços, poliéster, cabos de aço 700 x 600 x 600 cm. Colecção da artista; Cortesia Galerie Nathalie Obadia, Paris/Bruxelas e Haunch of Venison, Londres)
2. CORAÇÃO INDEPENDENTE PRETO, 2006 (Talheres em plástico preto opaco, ferro pintado, corrente metálica, motor, instalação sonora. Canções interpretadas por Amália Rodrigues: Estranha Forma de Vida (Alfredo Rodrigo Duarte/Amália Rodrigues), Maldição (Joaquim Campos da Silva/Armando Vieira Pinto), Gaivota (Alain Oulman/Alexandre O'Neill). Autorização de IPLAY - Som e Imagem / (P) Valentim de Carvalho. 382 x 222 x 70 cm,  MUSAC - Museo de Arte Contemporáneo de Castilla y León, Leão)
3. CORAÇÃO INDEPENDENTE VERMELHO, 2005 (Talheres em plástico vermelho translúcido, ferro pintado, corrente metálica, motor, instalação sonora Canções interpretadas por Amália Rodrigues: Estranha Forma de Vida (Alfredo Rodrigo Duarte/Amália Rodrigues), Maldição(Joaquim Campos da Silva/Armando Vieira Pinto), Gaivota (Alain Oulman/Alexandre O'Neill). Autorização de IPLAY - Som e Imagem / (P) Valentim de Carvalho. 371 x 220 x 75 cm, Museu Colecção Berardo, Lisboa)
4. MARILYN (PA), 2011 (Panelas e tampas em aço inoxidável, cimento (2x) 290 x 157 x 410 cm, Colecção da artista; Cortesia Galerie Nathalie Obadia, Paris/Bruxelas e Haunch of Venison, Londres, Obra produzida com o patrocínio de Silampos)
5. e 8. LE DAUPHIN, 2012 ET LA DAUPHINE, 2012 (Faianças Rafael Bordalo Pinheiro pintadas com vidrado cerâmico, renda em croché dos Açores (2x) 84 x 125 x 140 cm, Colecção da artista; Cortesia Galerie Nathalie Obadia, Paris/Bruxelas e Haunch of Venison, Londres)
6. GARDES, 2012 (Leões e bases em mármore Port Laurent (Paquistão), renda em croché dos Açores, (2x) 200 x 65 x 110 cm, Colecção da artista; Cortesia Galerie Nathalie Obadia, Paris/Bruxelas e Haunch of Venison, Londres)
7. PERRUQUE, 2012 (Madeira de vinhático, embutidos em ébano, latão banhado a ouro, goma laca, cera, cabelo sintético e natural, ferro, 298 x Ø 124 cm | Base: Ø 105 cm, Fundação Ricardo do Espírito Santo Silva, Lisboa, Obra produzida com a colaboração da Fundação Ricardo do Espírito Santo Silva, Lisboa)
9. ROYAL VALKYRIE, 2012 (Croché em lã feito à mão, malha industrial, tecidos, adereços, poliéster, cabos de aço, Dimensões variáveis, Collection of the artist; Courtesy Galerie Nathalie Obadia, Paris/Brussels and Haunch of Venison, London, Obra produzida com a colaboração das artesãs de Nisa e o patrocínio da Manufacture Prelle, Paris)
10. VALQUÍRIA ENXOVAL, 2009 (Alinhavado de Nisa e outros bordados, aplicações em feltro, renda de bilros, frioleiras, olaria pedrada, tricô e croché em lã feitos à mão, tecidos, adereços, poliéster, cabos de aço, 400 x 530 x 1400 cm, Câmara Municipal de Nisa, Nisa, Obra produzida com a colaboração das artesãs de Nisa)
11. LILICOPTÈRE, 2012 (Helicóptero Bell 47, plumas de avestruz, cristais Swarovski, folha de ouro, tinta industrial, interiores forrados a pele tingida e gravados a ouro fino, tapetes de Arraiolos, madeira de nogueira, pintura decorativa em imitação de madeira, passamanaria, 300 x 274 x 1265 cm, Colecção da artista; Cortesia Galerie Nathalie Obadia, Paris/Bruxelas e Haunch of Venison, Londres, Obra produzida com a colaboração da Fundação Ricardo do Espírito Santo Silva, Lisboa)
12. GOLDEN VALKYRIE, 2012 (Croché em lã feito à mão, malha industrial, tecidos, adereços, poliéster, cabos de aço, 650 x 1140 x 1360 cm, Colecção da artista; Cortesia Galerie Nathalie Obadia, Paris/Bruxelas e Haunch of Venison, Londres)
13. PAVILLON DE VIN, 2011 (Ferro forjado, plantas de videira, 550 x Ø 330 cm, 3 versões únicas + 1 PA, Cortesia Societé EFFI/Galerie Nathalie Obadia, Paris/Bruxelas)
14. BLUE CHAMPAGNE, 2012 (Garrafas de Pommery POP Champange, ferro metalizado e termolacado, LEDs de alto brilho, sistema eléctrico, (2x) 940 x Ø 496 cm, Collection of the artist; Courtesy Galerie Nathalie Obadia, Paris/Brussels and Haunch of Venison, London, Obra produzida com o patrocínio de Vranken Pommery)
15. VITRAIL, 2012 (Lã, algodão, 346 x 367 cm, Colecção da artista; Cortesia Galerie Nathalie Obadia, Paris/Bruxelas e Haunch of Venison, Londres, Obra produzida com a colaboração da Manufactura de Tapeçarias de Portalegre)
16. PAVILLON DE THÉ, 2012 (Ferro forjado, plantas de jasmin, 359 x 509 x 345 cm, 3 versões únicas + 1 PA
Colecção da artista; Cortesia Galerie Nathalie Obadia, Paris/Bruxelas e Haunch of Venison, Londres)

25 de dezembro de 2012

Christmas lights in Paris...

Quase que já se tornou numa nossa tradição de Natal... Quando por aqui estamos nesta altura, passar à noite no centro de Paris é sem dúvida um to do a fazer. A cidade fervilha de cores, sons e cheiros - crepes e vinho quente - e as iluminações são lindas...

Boulevard Haussmann - umas das zonas de lojas mais conhecidas, como as Galeries Lafayette e o Au Printemps
Arc de Triomphe
Iluminação nos Les Champs-Élysées
Place de la Concorde
Tour Eiffel
Cathédrale Notre-Dame

20 de dezembro de 2012

Merry Christmas...

Está tão gira a minha árvore - oh pra mim toda convencida... - e andei aí umas duas semanas à espera de sol para tirar umas fotos giras. Não foi possível... raio deste país este que parece que tem um pacto em que o sol só aparece uns 30 dias por ano! Enfim...
Aí está ela... não é grande até ao tecto como eu queria - e como há-de ser uma dia - mas acho que serve para o que queríamos. Ele queria bolas vermelhas, check, eu queria corações e estrelas, check... e ainda lhe fiz um saiote (acho que é assim que se chama). Não tem luzes nem tem presépio, a ver se para o ano ela sofre um upgrade!

Para todos os amigos que aqui me acompanham, votos de umas Festas Felizes, e que este novo ano venha recheado de coisas boas, com muita saúde, paz e muito, muito amor...

17 de dezembro de 2012

It´s Christmas Time...

No Sábado fomos jantar à cidade e aproveitamos para dar uma volta e ver as iluminações de Natal... Não são muitas nem deve ter custado milhões, ao contrário de Portugal ao se gasta o que se não tem... Mas ainda assim a cidade está bonita, simples e iluminada. 

It´s Christmas Time...

13 de dezembro de 2012

Christmas postcards....

Credits bellinvito.com
Depois de ver o post da Costureira de Palavras e do post da Margarida dei por mim a pensar nisto...
Sempre gostei de escrever postais e cartas... Em miúda tive uma série de amigos por correspondência, e já em graúda continuei a gostar de escrever aos amigos! A verdade é que com as internets e as redes sociais este meu ritual foi-se perdendo.
Estranho mundo este, onde pessoas sem Facebook ou qualquer outra rede social, se deixam de comunicar através do mais simples e do mais antigo meio de comunicação, as palavras. Culpa minha e só minha... Acho que só me caiu a ficha, este ano pelo meu aniversário, deve ter sido dos 30...
Por isso, e para me redimir, tirei uma tarde e atirei-me as postais...

Amanhã vou aos correios!

Indeed...

Credits networx.com

"E se já inventaram tanta coisa como é possível o cotão ser ainda uma realidade doméstica?

10 de dezembro de 2012

Movies mood...

Depois deste filme, mais foram os ditos "filmes diferentes" que se seguiram...

  • Ágora é um filme espanhol dirigido por Alejandro Amenábar que relata a história da filósofa Hipátia, que viveu em Alexandria, no Egito, entre os anos 355 e 415, época da dominação romana e da escanção do cristianismo.
  • Creation é um filme britânico, uma parte biográfico e uma parte ficcional, que narra o relacionamento de Charles Darwin com sua filha mais velha, Annie, enquanto se esforça para escrever A Origem das Espécies, e também os conflitos com sua esposa religiosa.
  • Or noir é um drama épico de 2011, dirigido por Jean-Jacques Annaud e produzido por Tarak Ben Ammar. O filme passa-se na Arábia Saudita dos anos 30 do século XX e mistura amor, petróleo, islão e lutas de poder territoriais.

7 de dezembro de 2012

And snow again...

Sim... mais neve... parece que é o primeiro grande nevão, no principio da semana levou um cadito, mas a chuva levou logo a neve... Hoje até o homem trabalha de casa porque as noticias não eram animadoras... isto da neve é bonito mas só de ver da janela, entre gelos e coisas assim torna-se complicado!
The forecast heavy snow arrived later than expected in the Netherlands on Friday and there were few serious problems during the morning rush hour, according to media reports.

The KNMI weather bureau has issued a code orange extreme weather warning for most of the Netherlands and the snow has been heaviest in southern and western parts of the country.

6 de dezembro de 2012

A Royal Affair...

Ontem dei com este filme enquanto procurava qualquer coisa na Internet... Fui ver o trailer - let's lot at the trailer, como dizia o outro - e à noite já estava pronto a ser visionado no conforto das mantas e no colo do meu homem, e com a gata aninhada ali ao lado!

A Royal Affair ou En kongelig affære, é um drama histórico dinamarquês de 2012 dirigido por Nikolaj Arcel. Passa-se no século XVIII e conta a história da corte dinamarquesa, da doença mental rei Christian VII da Dinamarca, e centra-se no romance entre a rainha e o médico real Struensee.

Gostei muito...

3 de dezembro de 2012

Let It Snow, Let It Snow, Let It Snow...

Oh the weather outside is frightful,
But the fire is so delightful,
And since we've no place to go,
Let It Snow! Let It Snow! Let It Snow!


11 de novembro de 2012

Saint Martin...

Ontem foram assadas no forno...
Hoje foram cozidas com canela...
O ideal ideal... era que fossem na brasa... mas por aqui é o que se pode arranjar!
Bom São Martinho ;)

5 de novembro de 2012

Friends in Amsterdam...

Se há coisa que gosto mesmo muito, muito muito, é que os amigos venham até Amesterdão. Depois no nosso reencontro na cidade eterna de Roma, voltamos-nos a encontrar com a nossa Silvia, na terra das tulipas.


Passeamos à noite pela cidade (a noite até colaborou que só começou a chover quando já estamos para apanhar o tram...), pusemos a conversa em dia e claro... que maneira melhor do que o fazer do que sentados à mesa, com boa comida e um bom vinho?!!! Um dia fiz o nosso Bacalhau com Natas, e num outro a Silvia foi a nossa Chef Italiana... Meus amigos... nem vos digo!!! E o melhor é que fiquei com as receitas...

- Bruschetta di Funghi con Parmigiano Reggiano
- Rissoto de Funghi
- Tiramisù
Molto molti grazie Silvia...

23 de outubro de 2012

Bulbs...

O Outono chegou por aqui... Lá fora deixou de se o verde, e agora um manto quase amarelado, começa a cobrir as ruas e os jardins.... Veio o frio e com ele os dias mais curto e escuros...

Da nossa janela para a rua...
No no passado já tinha pensado em plantar bolbos, mas por alguma razão não o fiz. este ano não quis perder a oportunidade, e cá está a minha plantação. Segui as instruções da Concha e estou a torcer para que tudo corra bem. Espero que em breve eles comecem a despertar... E se sim... lá para a primavera teremos Jacintos e Narcisos.


Os recipiente são do IKEA (pois claro...). O circular e o comprido são da gama BLOMSTER e os copinhos, uns são REKO (baratíssimos...) e uns outros que aproveitei das velas TINDRA.

30 de agosto de 2012

Château de Versailles... Oh la la...

Já há muito que tínhamos decido ido a Versalhes, mas ainda não tínhamos tido essa oportunidade... Mas num fim de semana de Agosto lá rumamos a Paris com esse fim... Não foi uma grande ideia, deve ter sido dos fim-de-semana mais quentes, com temperaturas a rondar os 40º... Mas ainda assim Versalhes é Versalhes, e ainda por cima estava patente uma exposição da Joana Vasconcelos que tanto queria ver... fomos...


O Château de Versailles é um castelo real localizado na cidade de Versalhes, uma aldeia rural à época de sua construção, mas actualmente um subúrbio de Paris. Desde 1682, quando Luís XIV se mudou de Paris, até a família Real ser forçada a voltar à capital em 1789, a Corte de Versalhes foi o centro do poder do Antigo Regime na França.


Considerado um dos maiores do mundo, o Palácio de Versalhes possui 2.153 janelas, 67 escadas, 352 chaminés, 700 quartos, 1.250 lareiras e 700 hectares de parque. É um dos pontos turísticos mais visitados de França, recebe em média oito milhões de turistas por ano...



Em 1837 o castelo foi transformado em museu de história. O palácio está cercado por uma grande área de jardins, uma série de plataformas simétricas com canteiros, estátuas, vasos e fontes trabalhados, projetados por André Le Nôtre. 



Estava um calor infernal... MESMO...
Valeu-nos as fontes... Pena que só abriram as 3h da tarde...

17 de agosto de 2012

Pink balcony...

Há muito tempo que pensávamos em por uma mesa na varanda...
Temos uma varanda que eu considero enorme, tendo em conta algumas casa que vimos por aqui e as minúsculas varandas que temos na nossa casa em Portugal. Chegamos à conclusão que não queríamos uma mesa para refeições. A varanda em questão fica no lado oposto da casa, do lado dos quartos, e isto de andar com a comida de uma ponta para a outra ia dar barraca, pingos e migalhas no chão dos quartos, sem contar com o cheiro da comida (já não me chega o sistema de extracção de ar da casa não funcionar como deve de ser....).
Assim que vi estas cadeiras no IKEA (pois claro, como tudo cá em casa...) fiquei logo a pensar nelas... Mas sendo eu forreta que só visto, achava que eram caras para por na varanda... Isto até aparecerem  numa das fantásticas promoções do final de estação por menos de metade do preço. Ora cá estão elas, com  uma mesinha de apoio (também em promoção pois claro, se bem que eu queria a preta mas já não havia...) prontas a servirem os seus donos, com um livro ao fim da tarde ou uma cervejinha com tremoços ;)

8 de agosto de 2012

More framing...

From Rome with love...
O meu novo canto preferido cá de casa...
Mais umas molduras... Cada vez mais é a nossa casa... São umas aguarelas que compramos em Roma do pintor Ângelo (não o Michelangelo, dizia ele....lolol....) perto da Igreja de San Pietro in Vincoli. Foi amor à primeira vista e ficam mesmo lindas cá em casa!!!

Da esquerda para a direita:
Fontana di Trevi
Piazza di Spagna

6 de agosto de 2012

Inspiration...

Karen Chappell, photographed by Radostina Boseva. Seen on Designzzz.

Rome, part IV...

... e porque o que é bom acaba depressa...
Dia 4
Hoje só tínhamos a manhã para podermos aproveitar... Tínhamos pensado dar uma volta de barco pelo rio, mas não vimos nada de jeito... Depois pensamos dar um volta num autocarro turístico, mas não tínhamos tempo suficiente... Por isso demos  mais uma volta por Roma. Saímos perto da Isola Tiberina (uma ilha em forma de barca que se formou no seio do rio Tibre), junto à Ponte Emilio, hoje chamada Ponte Rotto. É a ponte de pedra mais antiga de Roma. Precedida por uma versão de madeira, foi reconstruída em pedra no século II a.C., ligando o Fórum Boarium com Trastevere. Um único arco no meio do rio é tudo o que resta. Já na ilha, visitamos a Basílica de San Bartolomeo all'Isola. Foi fundada no final do século X por Otto III, Sacro Imperador Romano, e contém as relíquias do Apóstolo São Bartolomeu.


Seguimos depois para o Teatro di Marcello, um teatro construído na Roma Antiga, ainda parcialmente conservado, alçado por vontade de Júlio César que, projectou a construção de um teatro destinado a rivalizar com aquele construído no Campo Marzio por Pompeu. Dali à Basilica di Santa Maria in Aracoeli é um instante. Esta igreja foi construída num local onde, segundo a lenda, a Sibila Tiburtina profetizou a chegada de Cristo ao Imperador Augusto, pouco antes da morte dele. Augusto dedicou ali, por isso, um altar ao filho de Deus, o ara coeli, isto é, «altar do céu».


Acabamos por passar mais uma vez, junto ao Monumento a Vítor Emanuel II da Itália, na Piazza Venezia, e seguimos para o Foro di Traiano, com a sua imponente Colonna Traiana, uma coluna construída sob a ordem do próprio imperador, pelo arquiteto Apolodoro de Damasco em comemoração às vitórias das campanhas militares contra os Dácios. Almoçamos na via Cavour e seguimos na Via dei Fori Imperiali (que não sei se por ser Domingo estava fechada ao transito...) até à estação de metro do Coliseu, a mesma estação onde saímos pela  primeira vez em Roma...


Ciao Roma...

3 de agosto de 2012

Roma, part III...

Dia 3
Decidimos explorar Roma... Começamos na igreja de San Pietro in Vincoli. A sua construção teve início em 431, e foi dedicada a São Pedro e a São Paulo. Após a a imperatriz Licínia Eudóxia oferecer as correntes que haviam prendido São Pedro na prisão, estas foram aqui depositadas e passou a ser conhecida pelo corrente nome, "São Pedro em Correntes".


Seguimos depois para a Piazza della Repubblica, passando primeiro pela Basílica de Santa Maria Maior. Na Piazza della Repubblica, "crachamos" um casamento e visitamos a Santa Maria degli Angeli e dei Martiri. Para satisfazer a demanda da população que crescia nesta parte de Roma, o imperador Maximiano, mandou construir um complexo de banhos entre 298 e 306. Com quase 400 metros de lado, podia acomodar três mil pessoas. Quando o papa Pio IV ofereceu o local aos monges de Santa Cruz em Jerusalém, Michelangelo converteu o salão central dos banhos nesta igreja de Santa Maria dos Anjos.


Roma é um cidade lindíssima, e vaguear pelas ruas é um "to do" a fazer na cidade... Seguimos depois rumo a uma das praças mais conhecidas, e que eu tanto estudei nas aulas de História de Arte.  A Piazza del Popolo, que em português se traduz para Praça do Povo, é uma das grandes praças de Roma. A praça e a sua porta constituem um óptimo exemplo de "estratificação" arquitectónica, um fenómeno consumado na Cidade Eterna, fruto das várias intervenções por parte dos pontifícios que comportavam modificações e reelaborações dos trabalhos edificadores e viários.


O que não falta em Roma são praças... Seguimos para mais uma aplamanete conhecida pelos desfiles de moda... A Piazza di Spagna é um dos locais mais deslumbrantes na cidade de Roma. Ponto de encontro diurno e noturno de romanos e turistas, tem uma escadaria monumental que levam à igreja de Trinità dei Monti. A construção da escadaria deve-se ao arquiteto Francesco de Sanctis. A fonte no centro da praça é conhecida pelos romanos por La Barcaccia, ou velha banheira. É atribuída a Gian Lorenzo Bernini ou ao seu pai Pietro Bernini e foi feita em 1627 - 1629. Segundo dizem esta foi inspirada pela chegada à praça de um barco durante a inundação do rio Tibre 1598.


Com a fome a apertar, seguimos para o próximo destino... Primeiro passamos na Piazza del Quirinale, outrora chamada Piazza di Monte Cavallo, que se encontra-se em frente ao Palácio do Quirinal (o equivalente ao nosso Palácio de Belém...). Paramos para almoçar (eu abarquei uma bela duma pizza sozinha...) e seguimos para a grandiosa Fontana di Trevi.  É a maior (cerca de 26 metros de altura por 20 metros de largura) e mais ambiciosa construção de fontes barrocas em Itália. A fonte foi restaurada em 1998; as esculturas foram limpas e polidas, e a fonte foi provida de bombas para circulação da água e sua oxigenação.


Tenho para mim que este foi o sítio que tinha mais turista, talvez por ser sábado à tarde... Não sei... Depois de atirar a moedinha, como manda a tradição, lá seguimos caminho... Mais praças para conhecer... A Piazza Colonna é uma praça no centro de Roma, marcada pela imponente a coluna de mármore de Marco Aurélio. Dali à Piazza di Monte Citorio ou Piazza Montecitorio é um pulinho. A praça contém o Obelisco de Montecitorio e o Palazzo Montecitorio


Ora que daqui seguimos para a igreja mais antiga de Roma. O Pantheon, também conhecido como Panteão de Agripa, é o único edifício construído na época greco-romana que, actualmente, se encontra em perfeito estado de conservação. Desde que foi construído que se manteve em uso: primeiro como templo dedicado a todos os deuses do panteão romano (daí o seu nome) e, desde o século VII, como templo cristão. Para terminar este dia... o dia dos meus 30, nada melhor que uma bela taça de gelado mesmo em frente à Fontana dei Quattro Fiumi, na Piazza Navona, uma das mais célebres praças de Roma. Foi remodelada para um estilo monumental por vontade do Papa Inocêncio X, e é um dos grandes motivos de orgulho da cidade de Roma durante o período barroco. Sofreu intervenções de Gian Lorenzo Bernini (a famosa Fontana dei Quattro Fiumi); de Francesco Borromini e Girolamo Gainaldi (a Igreja de Sant'Agnese in Agone); e de Pietro de Cortona (que pintou a galeria no Palácio Pamphilj, sede da embaixada do Brasil na Itália desde 1920).


Para acabar o dia em grande, fomos jantar com a Silvia. Mais uma coisa boa da vida, poder rever amigos... Conhecemos a Silvia na nossa lua de mel a Marrocos e temos mantido o contacto com ela (claro que o Facebook ajuda...). Quando decidimos ir a Roma, entramos em contacto para "tomar um café"... mas a Silvia não ficou por ai. Ia fazer a sua festa de anos no Domingo, mas como nós já não estávamos mudou para Sábado para podermos ir. Foi uma noite muito especial... Os meus 30 e os 31 dela... Um grande obrigado à Silvia...