Translate...

30 de maio de 2014

Zaanse Schans...

O bom tempo já se faz sentir... 
Com um solzinho bom (que esteve, porque esta semana tem sido cheia de chuva...), e mais uma visita dos avós do Sebastião, aproveitamos e fomos a Zaanse Schans, que é mesmo aqui ao lado, e por uma razão ou outra nunca tínhamos parado para dar uma voltinha (o que aconselho vivamente!).

27 de maio de 2014

Happy...

Credits hungryhealthygirl.com

Paternity ;)

Ora, aqui fica o relato da paternidade segundo o senhor meu marido... 

"Há 2 meses escrevi uma pequena nota e deixei esta crónica em rascunho, que seria para falar de parte da experiência da paternidade. Foi tão resumido o rascunho que agora nem sei bem o que relatar sobre o tema, tenho de improvisar e falar sobre como vejo isto de ter um filho com o meu prisma de agora. É que realmente 2 meses de diferença dá para mudar muita coisa.


Presumo que a maioria dos pais, senão mesmo todos, se queixarão de alguma coisa quando se tem um recém-nascido. Olhando para trás noto que as primeiras semanas foram um grande stress, tendo até a família dizer que estávamos os 2 muito tristes o que não era normal. Era obviamente um erro de percepção deles, fruto daquele desgaste e ansiedade inicial de jovens pais que vivem ainda no desconhecido.
Queixávamo-nos nós na altura? Ai pois sim! Ora porque o dormir era diferente (apesar de nunca ter sido mau), ora ele chorava por vezes sem sabermos porquê (apesar de nunca ter passado muito tempo seguido a chorar)...

26 de maio de 2014

Super Mom...

Credits kmisetas.com
Ora riam-se lá um bocadinho...

1 - Olhar Laser
Basta um olhar que eles sabem que estão a fazer porcaria. Sim, até o Sebastião já começa a conhecer este olhar.

2 - Ouvidos Super Sónicos
Normalmente conseguimos ouvir os problemas a chegar. Principalmente se estiver muito silêncio.

3 - Estômago de Ferro
Não cá vómitos ou cocós que parem uma Mãe

4 - Beijo Milagroso
Não há beijo de uma Mãe que não cure um joelho, uma testa ou um braço

5 - Omnisciência
Uma Mãe sabe sempre onde estão as coisas perdidas e que caras os filhos fazem nas costas delas, depois de um ralhete.

6 - Mega Força
A mãe carrega todos os sacos do supermercado, os filhos, a sua mala, a mala do filho e fecha a porta do carro e abre a porta de casa.

7 - Rapidez
De manhã uma Mãe consegue dar o pequeno-almoço ao filho, meter a roupa a estender, vestir o filho, tomar banho, vestir-se a ela, tomar o pequeno-almoço e levá-lo à escola em... 45 minutos.

Koningsdag...

Um mês depois... pufffffffff...

Depois da Rainha Beatrix ter abdicado do trono no ano passado, passamos a ter o Rei Willem-Alexander, e por isso este ano tivemos o dia do rei, ou como se diz por aqui, Koningsdag. O tempo ajudou e esteve um dia lindo. Vestidos a rigor, todos de laranjinha, lá fomos nós para a festa! Quer dizer... não fomos para o centro de Amesterdão onde há realmente festa da grossa (a mim lembra-me as semanas académicas...), achei que com o piqueno não ia ser fácil, eu pessoalmente também não gosto de muita confusão, então acabamos por dar uma volta por aqui perto. O Sebastião gostou da festa, gostou tanto que só dormiu aí uns 10 minutos já a caminho de casa... 


Happy Days's...

25 de maio de 2014

About Easter...

O tempo passa a correr...

Como que raio é que o nosso feijão, o nosso pequeno Sebastião está tão crescido?!?!?! Uma vez disseram-nos que ainda íamos ter saudades dele ser pequenino e de acordar à noite de 3 em 3 horas para ele comer... Ainda me ri e disse que estava mortinha que ele dormisse a noite toda... Mas a verdade é que nas primeiras vezes que isso aconteceu eu estranhei e nem dormi bem, quando ele foi para o quarto dele (desde os 5 meses... e até devia de ter sido mais cedo porque a verdade verdadinha é que nos custa a nós pais termos que acordar se ele chorar ou para ele comer, mas o facto é que os piquenos dormem melhor e não acordam com os nossos barulhos! Tinhas razão marido!) eu antes de me deitar ia sempre ver se ele estava bem e ainda me levantava de noite para o ir espreitar...

Confesso, não tenho saudades de acordar e não ter os sonos em dia (gosto muito de dormir ツ ), mas a verdade é que tenho saudadinhas do meu feijão, do meu pequenino... (sendo que ele não foi muito pequenino e era o segundo mais pesado que lá estava na maternidade com os seus quase 4,5 kg...).

Pois que veio a Páscoa e com ela recebemos a visita dos avós paternos e o tio Ricardo. O Sebastião portou-se bem, fartou-se de brincar com os avós e com o tio, que o encheram de mimos e beijinhos. O tempo ajudou e aproveitamos para passear. Fomos dar um passeio pelos canais e afinal o pequenino até gosta de barcos (em Brugge não deve ter gostado da voz do guia...) e portou-se muito bem. Como já quase se consegue sentar, as sonecas já são mais curtas e passa o tempo todo a olhar para tudo cheio de curiosidade...


Sendo que também estávamos por altura das tulipas aproveitamos e demos lá um pulinho. O Sebastião delirou com as flores. Talvez fosse por causa das core vivas, por ser uma coisa nova... não sei... Mas ele delirou mesmo...


Está tão crescido o nosso Sebastião ツ
E digam lá que ele não é a flor mais linda?!?!?!

11 de maio de 2014

Mother's Day...

Em Portugal é no primeiro Domingo de Maio, e aqui é no segundo...
Ora para as mães o Dia da Mãe é todos os dias!

Feliz Dia da Mãe