Translate...

20 de abril de 2007

IX FARTUNA…

Ainda não tinha tido tempo de expressar neste meu cantinho, algumas das considerações sobre o XI FARTUNA – Festival de Tunas Académicas da Cidade de Faro.


Este ano, como não podia deixar de ser excepção, o primeiro dia do festival, foi noite de serenatas às mais lindas donzelas de Faro (entre elas, claro, as Guias…) no belo cenário do Largo do Carmo. Ainda que nem todas as Tunas tenham dado a sua contribuição (o que foi realmente uma pena…), foi sem dúvida um bonito espectáculo e um belo prenuncio do que iria ser um fim-de-semana de festa…
A noite foi longa, longa, longa… mas longo iria ser o dia…
Depois de um acordar que se poderá dizer complicado (ninguém acordas às 10h da manhã num festival sem ser as guias… ninguém abre a porta em Boxers sem ser os pandeiretas… ninguém consegue acordar a Estudantina de pois de uma noite muito longa sem ser a Corneta e a Caracoleta… e seria uma longa lista de sess se eu continuasse…) veio o almocinho seguido de um cafezinho no cantinho com mais Sol da Penha.
Durante a tarde realizou-se o tradicional Passe Calles na baixa da cidade, que ainda com algum atraso, foi cheio de alegria e boa disposição. Desde já um muito obrigado aos infiltrados lisboetas que conseguiram passar na fronteira para o Algarvaquistão, Afilhada e Vodka!
Mais uma ficha e mais uma voltinha, e vá de encher o estômago pois a noite avizinha-se “difícil”…
O auge do festival propriamente dito foi Teatro das Figuras (onde as paredes falavam… cenas estranhas e muito à frente!!!) e que contou com a presença das seguintes tunas:


A concurso:
TAFUL – Tuna Académica de Farmácia da Universidade de Lisboa
TUMa – Tuna Universitária da Madeira
Ma"ESTIG"ama Tuna – Tuna Académica Masculina da E. S. T. G. de Beja
A convite:
Feminis Ferventis – Tuna Académica Feminina da Universidade do Algarve
Estudantina Universitária de Coimbra
A organização:
Versus Tuna – Tuna Académica da Universidade do Algarve


O final de um festival é sempre uma festa… Hoje há festa no Millénium, no Millénium, no Millénium… Para contar ficam os momentos de diversão, convívio e claro… de saudade… e ainda aqueles que dificilmente nos lembramos (culpa da TAGUS!!!). Os meus sinceros votos de parabéns à Versus Tuna, que mais uma vez mostrou e demonstrou que o espírito académico está vivo e presente na nossa linda e bela Cidade de Cetim… Faro…


Para a posteridade ficam os resultados…
Melhor Estandarte – TUMa
Melhor Pandeireta – TUMa
Melhor Solista- TAFUL
Melhor Instrumental – TAFUL
2º Melhor Tuna – TUMa
Melhor Tuna – TAFUL
Tuna mais Tuna (organização): TUMa
Melhor Serenata (guias): TAFUL
Melhor Pasacalles (organização): TUMa
Tuna + bebedoura: TUMa


E ainda…
Melhores Pernas – Feminis Ferventis
Melhores Pandeiretas com e sem Sapatos: Feminis Ferventis
Melhor Fio de Pesca: Feminis Ferventis
Melhor Ama de Bebedeiras: Sagrada ou melhor, Santinha…
Melhor Bebedeira: a minha, que só deu ressaca dois dias depois… mas foi GRANDE!!!
Melhor Cozinheira Pós-Festival: Marisa


Para o ano à mais…

12 de abril de 2007

VALE BOI in National Geographic...

Fotomontagem: Mónica Reis

Parece-me que o desenhador da National Geographic se enganou redondamente... Esta sim é a verdadeira reconstituição do abrigo de Vale Boi...
Vale Boi é o maior sítio arqueológico de ar livre do Paleolítico Superior português e regista ocupações regulares entre 25 mil e 6 mil anos antes do presente.
Segundo o repórter: “Não é necessária muita imaginação para especular sobre os motivos que terão levado comunidades sucessivas de caçadores-recolectores a instalarem-se nesta elevação...
Se este senhor estivesse nas escavações nos meses de Julho e Agosto saberia... comidinha, umas cervejinhas ao fim da tarde, e o jantarzinho na Casa de Pasto do Sr. Hélder... e claro PERCEVES!!!

2 de abril de 2007

V ESTUDANTINO...


"Hino da Estudantina Académica do ISEL"


REFRÃO
E aqui estamos a trovar com fidalguia
Vamos pró o mundo para honrar engenharia
Somos estudantes de compasso e de papel
A Estudantina Académica do ISEL.


Se és estudante e dás vida a castidade
Tu nunca terás saudade de uma vida de boémia
Pega num copo e junta-te a nós
Seja branco ou tinto até te afina a voz


. . . REFRÃO


O sol nasce, o Instituto acorda
Mais um dia de trabalho que se avista pela frente
E à noitinha chego à conclusão
Que ser engenheiro não é uma ilusão


. . . REFRÃO

Quando chega a hora da folia
O estudante sai e Lisboa é menina
O Tejo vem e abraça-se a nós
Pela fé que tem à nossa Estudantina

. . . REFRÃO


E assim foi mais um fim-de-semana entre os já conhecidos "Loucos de Lisboa"... Durante os dias 30 e 31 de Março teve lugar na cidade de Lisboa o V Estudantino, evento comemorativo do XIV aniversário da Estudantina Académica do ISEL.

O fim-de-semana prometia ser longo mas “as meninas de azul vestido” fizeram-se à estrada em direcção à capital. Entre as que por lá já andam, à boleia da nossa Ivy ou de autocarro foram a chegada deu-se na sexta à noite.
Por entre voltinhas e “desfiles” de E.T.’s no Vasco da Gama, eis que elas chegam à Residência Maria Beatriz no ISEL, onde as mais belas serenatas deram início à animação pela noite dentro… O “Metro de Lisboa” não colaborou com os horários das festas pelo que os cavalheiros e meninos do ISEL ofereceram guarida até à abertura do metro, sujeitando-se eles assim ao terror de todas às casas de banho e, segundas novas informações, lavatórios de cozinha…

Depois de algum descanso regressamos à casa da nossa anfitriã deste longo fim-de-semana.

Após o descanso e longas horas de sono (2 HORAS!!!), sem esquecer a hilariante passagem pelo “Pingo Doce” da Bobadela que jamais será o mesmo após a nossa passagem por lá…
A noite seguinte prometia ser igualmente animada! Mais um bilhete e mais uma voltinha. Por entre comboios e metros chegamos a Lisboa. O jantar foi no restaurante “Sr. Frango da Guia”, no Vasco da Gama. OBRIGADA GAAABYYYYYYYYYY……
O evento musical teve lugar no Auditório de Medicina Dentária, na Cidade Universitária de Lisboa. O espectáculo começou com a actuação da TUNA FEMININA DO ISEL, seguindo-se as tunas a Tunas a concurso: TAL (TUNA ACADÉMICA DE LISBOA); TDUP (TUNA DO DISTRITO UNIVERSITÁRIO DO PORTO); TUB (TUNA UNIVERSITÁRIA DE BEJA); TUNA DE LA UNIVERSIDAD DE LEÓN; ESTUDANTINA ACADÉMICA DA MADEIRA; TUNA DE EMPRESARIALES DE JEREZ DE LA FRONTERA; AGRICULTUNA (TUNA DO INSTITUTO SUPERIOR DE AGRONOMIA DE LISBOA). Para finalizar nada melhor que a grande actuação da Tuna organizadora – ESTUDANTINA ACADÉMICA DO ISEL.
A festa prosseguiu no foyer do mesmo auditório. Com muita animação o convívio prosseguiu pela noite fora na “cidade até ser dia”…








No fim…

… SAUDADE!!!

PS: pede-se à organização do VI ESTUDANTINO que tenha em consideração as senhas de "água" deste ano...