Translate...

28 de janeiro de 2014

I made you, but you made me a mother...

I felt you. You were a pea. Then a lemon. Then an eggplant. I followed advice. I read twelve books. I quit coffee. Could you tell I was scared? I talked to you, sang to you… I wasn’t ready. But then you were here. Ten toes. Eight pounds. Love. Big fat love. I held you. I fed you. I realized that I would spend my life doing things to make you happy — and that that would make me happy. And then there are the times I want to give up. You’ve made me rethink my sanity. You’ve made me want to fall on my mother’s feet and tell her that I get it. But then you smile and you say my name — and you grab my hand with those little fingers. We’re growing together. We are seeing the world like it’s new. I will open my heart and love will rain down all over you. You’ll giggle, and I’ll do it all over again. And we will walk hand in hand. Until you let go. I made you, but you made me a mother...

27 de janeiro de 2014

The best of my day IV...


Na verdade este é um dois em um:

- No Domingo na companhia da princesa M. e dos pais de quem tínhamos muitas saudades;

- Hoje, um almocinho bom na companhia da vizinha L. e do seu pequeno A. com direito a mousse de chocolate e tudo!




Life is good ツ

9 de janeiro de 2014

Sebastião...

Num ano em que Portugal apresenta a segunda taxa de natalidade mais baixa da União Europeia, nós recebemos em êxtase total o nosso Sebastião. Podia ter sido Rui, depois esteve para ser Artur, seguiu-se Mateus mas ficou Sebastião, e desde que nasceu tive a certeza que tem "cara" de Sebastião, simmmmmmmmmmmmmmmmmmm de "Sebastião come tudo tudo tudo..." e de rei de Portugal, Sebastião, o Desejado.

Segundo uma notícia publicada pelo DN, o primeiro lugar do ranking das meninas é Maria e nos rapazes João. Segundo o Instituto dos Registos e Notariado, nasceram 96 "Sebastiões" (claro que nenhum tão tão fofo como o nosso...). 
Credits Disneypedia
Mas afinal, o que há num nome? "Num nome há 500 coisas diferentes, quer as pessoas tenham consciência disso ou não", diz o linguista Ivo Castro. A começar pelos apelidos, que ligam o indivíduo a um clã. O nome próprio é a "marca que distingue o indivíduo dentro da família" e "o segundo nome é de longe o mais interessante", diz. Há mais liberdade e é tradicionalmente "o nome das invocações e das homenagens", dos santos às celebridades (in DN).

E depois disso há ainda o Sebastião da Ariel, de nome completo: Horatio Thelonius Ignatius Crustatious Sebastian, é um caranguejo vermelho e um dos principais protagonistas do filme da Disney de 1989, A Pequena Sereia (The Little Mermaid)...

3 de janeiro de 2014

The first one thousand children's days...

José Martins Filho, pediatra, reforça a importância do afecto e do vínculo para o desenvolvimento psíquico-emocional de uma criança e discute a actual licença-maternidade. Reforçando a importância para a sociedade de olhar com atenção para os primeiros mil dias das crianças.

2 de janeiro de 2014

Last year...


O último ano parece que passou... passou a correr!!!

Foi um bom ano, viajamos muito, recebemos amigos em Amesterdão, passeamos muito em Portugal (euzinha tive a oportunidade de passar por cá o Verão e claro, que adorei este sol...), comemos que nem uns abades, mas... e acima de tudo, recebemos a maior dádiva de todas, o nosso Sebastião...