Translate...

30 de junho de 2011

Gigli com gambas e molho de pimento...

Este post é de dedicado à prima Tati... Tens que vir e vamos revolucionar a cozinha neste sítio... Isso e os ginásios, que terão uma afluência bem maior depois das nossas comidinhas... ;)

Gigli com gambas e molho de pimento

250g de Gigli (que é como quem diz massa, mas de uma maneira chique...)
200g de miolo de mexilhão
200g de gambas descascadas
1 cebola médias
3 a 4 dentes de alho
1 pimento laranja
150g de tomate pelado
azeite
coentros
sal e pimenta q.b. (sempre quiz dizer isto :)... )

Bem, deixa lá ver como isto corre...

  1. Coza o Gigli num recipiente com aguá abundante e tempere com sal. Muitas pessoas costumam por azeite, manteiga... enfim... Eu não ponho nada, só mesmo sal. Como vamos juntar a massa ao molho não há necessidade de juntar mais gordura (é preciso cortar em algum lado, senão não há balança que resista...);
  2. Num wok (ou num frigideira alta, quer coisa serve, não vale a pena complicar...) aquecer azeite e refogar a cebola e os alhos picados. Quando estiverem transparentes (não vale a pena dourar muito...) juntar os tomates pelados picados;
  3. De seguida juntar o pimento cortado em cubos (tipo 1x1 cm...), as gambas e o miolo de mexilhão (usei congelados...) e temperar a gosto (usei pimenta, sal, salsa seca e paprica...). Juntar um pouco de água e deixar cozinhar;
  4. Quando o molho com as gambas estiver pronto, juntar ao Gigli já escorrido e cozido al dente (também sempre quis dizer isto...) e servir.
  5. Uma das coisas que trouxe dos Algarves foi os coentros... (Não me lembro em casa de usarem coentro. Lá em cima era sempre à base da salsa e do louro. Agora não passo sem eles...) ... e nada melhor para terminar do que polvilhar Gigli com coentros...
Bon appetit!!!

26 de junho de 2011

F1...


Outra das coisa daqui, é que a F1 não dá em canais codificados...

O mor amor clica no "GOSTO DISTO".

Sério, eu estou-me a esforçar, mas não consigo... 
NÃO POSSO COM F1!!!

24 de junho de 2011

Serão de 6ª...

Umas das coisas que já me habituei neste país, e de que gosto realmente, é que os filmes não dão depois das 5001 novelas lá para as 2h da manhã... Sendo que as notícias são por norma as 7h da tarde, às 8.30 é hora de filme!!! Falta as legendas, é certo, mas uma vez que eles não fazem a dobragem dos filmes, até acaba por ser bom para desenferrujar o Inglish... Sei que deve haver muito boa gente que não gosta de comer com a TV ligada. Não sei se é um hábito, tradição ou qquer coisa do género, mas gostamos de ver TV, pronto(s)!!!

Ps: não são filmes do tempo da "Maria Cachuca"... Até tem dado filmes relativamente recentes, e sendo que somos aficionados de cinema, até já aproveitamos para ver alguns que ainda não tínhamos visto, tal como hoje... E hoje foi dia de JULIE & JULIA e gostei... mas gostei muito...

Título original: Julie & Julia
Classificação: M12
País: Estados Unidos
Ano: 2009
Género: Biografia, Comédia
Duração: 123m
Realização: Nora Ephron
Interpretação: Amy Adams, Chris Messina, Linda Emond, Meryl Streep, Stanley Tucci
Argumento: Nora Ephron
Texto: Julie Powell 

Resumo:
Antes de Ina, antes de Rachael, antes de Emeril, existia Julia, a mulher que mudou para sempre a maneira de cozinhar da América. Mas em 1948, Julia Child era somente uma mulher americana que vivia em França. O trabalho do seu marido levou-a a Paris, e com o seu espírito incansável, Julia tinha um enorme desejo de fazer algo. Quinze anos depois, Julie Powell está estagnada. Perto dos 30, a viver em Queens e a trabalhar num cubículo, enquanto as suas amigas alcançam carreiras de sucesso, Julie procura um projecto para focalizar as suas energias. Decide assim passar exactamente um ano a cozinhar as 524 receitas do livro “Julia Child's : Mastering the Art of French Cooking” e cria uma blog onde relata as suas experiências.

Informação do filme in sapo.cienema

23 de junho de 2011