Translate...

29 de junho de 2010

Aquella Tarde...

Porque há "aquellas tardes" que são inesquecíveis e momentos que valem a pena recordar, e porque a CARLA e o BEBÉ assim o merecem, MUITOS PARABÉNS e os maiores VOTOS DE FELICIDADE
Foi lindo, lindo, lindo!!!


21 de junho de 2010

Verão...

"O Verão é uma das quatro estações do ano. Neste perído, as temperaturas permanecem elevadas e os dias são longos. Geralmente, o verão é também o período do ano reservado às férias".
Via dolciodille

O Domingo perfeito...

Hoje foi perfeito...
Acordar tarde e fazer "ronha" no nosso sofá com a nossa princesa Maggie...Um almocinho caseiro fantástico (olha a modéstia...) de peixe assado no forno... Um passeio pela tarde solarenga com o meu amorzinho, completado por um final de tarde com um cinema e pipocas (lá se foi a dieta da semana...) e uma jantarada na companhia de amigos... Sim, foi perfeito!

Título Original: Sex and the City 2
Classificação: M16
País: Estados Unidos
Ano: 2010
Género: Comédia
Duração: 146m
Realização: Michael Patrick King
Interpretação: Chris Noth, Cynthia Nixon, David Eigenberg (I), Kim Cattrall, Kristin Davis (I), Sarah Jessica Parker
Argumento: Michael Patrick King

Resumo: As vidas das quatro amigas estão como elas sempre desejaram, mas isto não seria Sexo e a Cidade se não houvessem surpresas... Desta vez, decidem embarcar numa viagem para um dos lugares mais exóticos e misteriosos do Mundo, onde a festa nunca tem fim. É o escape perfeito para todas, dado que começam a surgir alguns problemas matrimoniais. No fim de contas, às vezes é preciso fugir com as amigas...

18 de junho de 2010

Panic...

Em completo estado de pânico...

Ponyo à Beira-Mar

Título Original: Ponyo à Beira-Mar (V.P.)
Classificação: M4
País: Japão
Ano: 2008
Género: Animação
Duração: 100m
Realização: Hayao Miyazaki
Vozes: Anaide Gutkin, Carmen Santos (II), Filipe Duarte (II), Luís Esparteiro, Patrícia Bull
Argumento: Hayao Miyazaki

Resumo: Certa manhã, quando brinca na praia, o pequeno Sosuke encontra um peixe vermelho preso num frasco de doce. Sosuke liberta o peixinho do frasco, a quem dá o nome de Ponyo, e promete protegê-lo para sempre. Mas o pai de Ponyo, um feiticeiro que vive no fundo do mar, força o pequeno peixe a regressar às profundezas. Decidida a tornar-se humana, Ponyo foge para reencontrar Sosuke e espalha acidentalmente uma poção mágica pelo oceano, transformando as suas irmãs em ondas gigantes que ameaçam inundar a aldeia de Sosuke. O amor e a responsabilidade, o oceano e a vida, num mundo fantástico onde a magia também faz parte das coisas naturais do dia-a-dia. A história de “Ponyo à Beira-Mar”, baseada no conto “A Pequena Sereia” de Hans Christian Andersen, é apresentada sob o ponto de vista do grande mestre do cinema de animação: Hayao Miyazaki.

16 de junho de 2010

Chovem Almôndegas...

Este foi o último filme que vi... Foi um fartote!
Numa altura em que ando com a "boca fechada à chave" para ver se cabo no dito vestido, foi um consolo!

Título Original: Chovem Almôndegas (VP)
Classificação: M4
País: Estados Unidos
Ano: 2009
Género: Acção/AventuraComédiaFamiliarInfantil
Duração: 90m
Realização: Chris Miller (VII), Phil Lord
Vozes: Carla Chambel, Filipe Duarte (II), João Lagarto, Manuel Marques (II)
Argumento: Judi Barrett, Ron Barrett (II)

Resumo: A viver na cidade de Mastiga e Engole, numa minúscula ilha do Atlântico que sobrevive graças à tradição de sardinhas enlatadas, desde criança que Flint Lockwood (voz de Bill Hader) tem ideias geniais. O problema é que todas as suas ideias sofrem de falta de funcionalidade, detalhe que ele parece ter alguma tendência para esquecer. Até que descobre a fórmula química que transforma água em alimentos, encontrando a mui almejada solução para a dieta pouco variada de toda a ilha. E, para gáudio da população, começa a "chover", a pedido, todo o tipo de deliciosas iguarias...

As Flores...

Tal como os restantes pormenores, o bouquet ou ramo de flores da noiva deverá ser um elemento exclusivo selecionado de acordo com o seu estilo pessoal, mas também que esteja em harmonia com o corpo da noiva e com todo o estilo do casamento. Como em tudo, nenhum pormenor pode ser descurado, e o bouquet de noiva e as suas flores também não.


Sabia que a Natureza traduz uma série de significados para a vida?? Sabia que cada flor transmite uma determinada essência e conceito? Na escolha da decoração floral no dia do casamento, veja o que pode transmitir a todos aqueles que estão consigo neste dia especial. Escolha flores de acordo com seu gosto pessoal e que possam transmitir o que sente e o que quer dizer.

Todas as cores nos dizem algo e o misto das cores pode representar os sentimentos mais variados. Por exemplo: as flores vermelhas juntamente com as brancas representam a união, harmonia e unidade e se nos decidirmos pelas cor de rosa, poderemos transmitir sentimentos de simpatia, carinho, gratidão e gentileza. O fascínio e encantamento é representado pelas flores cor de laranja. Finalmente podemos ter em atenção que os tons claros representam a amizade e solidariedade e que os tons predominantemente vermelhos, representam o amor e felicidade. Escolha os seus tons e intensifique o seu dia.


As milhas flores preferidas. Qual será a escolha final?
O seu significado...

via mackmelo.blogspot.com
A Orquídea representa a sexualidade na sua forma mais excêntrica e nos seus tons inequívocos.



 via mises.org
A Tulipa representa a elegância e a sensibilidade. As suas cores podem adequar-se a qualquer estilo e a sua presença tornará tudo muito suave.

via freewebs.com

A Margarida é símbolo da virgindade e da inocência e a sua cor natural representa isso mesmo (inocência, pureza e paz).

Os Convites...

O convite de casamento, para além de pedir a presença, é a primeira coisa relacionada com a sua cerimónia que os convidados vão ver. O convite de casamento reflecte assim o estilo da cerimónia que pretende celebrar: informal, tradicional ou num estilo mais original. Por isso, não descure este pormenor tão importante, escolhendo a seu gosto todos os pormenores relativos aos convites, nomeadamente o texto do convite, mensagens, tipo de letra, cores, e o modelo de convite de casamento a utilizar.








E os nossos?
PS- Obrigado Miminhos...

O Bolo...

Quem não se lembra de um vistoso e saboroso bolo de casamento simbolizando um testemunho de felicidade? Como um dos protagonistas da recepção, convém dar-lhe o devido destaque, como por exemplo não colocar o bolo próximo de um vidro, pois as fotografias não resultam bem com o reflexo.

Nos dias correntes existem vários estilos de bolos de casamento, e é claro, tudo depende do estilo do casamento, formal ou informal. Mas como em tudo, o bolo deve de estar em coerência com o vosso estilo, com o casamento e com a formalidade da festa. Num casamento formal - depois dos hors d’oeuvres, e de uma refeição de três pratos - normalmente os convidados não estão na disposição de comer sobremesas seguidas do bolo de casamento. Neste caso, aproveitem e poupem algum dinheiro servindo o bolo como única sobremesa.

Um bolo de casamento pode ter a forma e sabores que desejarem, tais como: cenoura, limão, chocolate; pode até ser um típico bolo de casamento francês: uma elegante cascata de profiteroles… Podem optar por decorar o bolo não apenas com flores, mas usar algo diferente, como frutos silvestres ou um misto de vários. Na altura de decidirem o género de bolo de casamento que desejam, devem decidir o seu tamanho; para isso devem contar cerca de 100 gramas de bolo por pessoa.


Embora o bolo de casamento não desfile nas passadeiras de moda, também segue tendências – hoje em dia existe a opção de conceber o bolo de casamento como um conjunto de miniaturas individuais (semelhantes a pequenos queques) colocadas numa torre elaborada, em número suficiente para todos os convidados. Esta opção é atractivamente agradável a nível visual.




E o nosso como irá ser?

E falando em crise...

A escultura “Tête” de Amadeo Modigliani foi vendida num leilão da Christie’s em Paris por 43,185 milhões de euros, naquele que é o valor mais alto alguma vez conseguido com a venda de um trabalho do artista em todo o mundo.

In: Público, 15.06.2010 - 15:37 Por AFP

Olha lá que jeitasso é que me dava para a ajuda da boda...

15 de junho de 2010

Os padrinhos...

Pois que os padrinhos são um pilar fundamental...
Os nossos não podiam ser outros...

O professor/ciclista Diogo :)
E a matemática/túnica Gabi :)

e para selar esta pacto nada melhor com uma jantarada com os amigos...


De volta...

Pois é... depois de quase um ano de interregno eis que volto aqui a este meu pequeno mundo...
E novidades???

Muitas... Muitas... Muitas...

Ora que passei os meses de Julho até Dezembro por terras do Alentejo, numa escavação em Ferreira do Alentejo, no grande povoado de Porto Torrão. Apesar do cansado e da saudade da minha casinha e do meu amorzinho lindo, a experiência foi sem dúvida fantástica...


Por alturas de Novembro chega a notícia...
Ganhei a Bolsa de Doutoramento da FCT!

A Paleotecnologia Lítica no Tardiglaciar da Península Ibérica

é o título da tese, e promete muito, muito trabalho...
Já a trabalhar na tese eis que chegam os congressos. Em Janeiro estive por Barcelona para ouvir os "super-sumos" do Paleolítico Peninsular... Foi fantástico, e acima de tudo deu para recolher bastante informação para a tese, sem contar que ainda deu para dar um giro pela cidade... que, desculpem-me os "nuestro irmanos"... ainda não me conseguiu conquistar...






Em Maio, o Nap - Núcleo de Arqueologia e Paleoecologia - rumou em peso, mais uma vez para Barcelona, a pretexto do JIA 2010. Não posso dizer que desta viagem tenha tirado tanto partido como da primeira, mas ainda assim foi interessante, com o aparte do regresso... Quando chegamos ao aeroporto tínhamos o voo cancelado... Oh stress... mas tudo acabou por se resolver... Malditas cinzas...



Por entre estas viagens e o MUITO trabalho da tese, ainda consegui dar um giro pelo mundo das Túnicas...
Alguns foram os festivais, os encontro e reencontro de amigos... Sim AMIGOS... e poucas são as palavras para expressar todo o meu carinho e admiração por todos. Apenas posso agradecer ao meu amor, que me acompanha nestas minhas aventuras, e a minha GABI, companheira e amiga, que apesar da distância que nos separa, ainda conseguimos arranjar uns fins de semana para a ramboia...






São pedaços de mim... e memórias que ficam...
Das muitas contam-se ainda o casamento da Tat e do Rava... amigos e primos!



Pois que inspirados neste dia lindo e maravilho... eis que depois chegará o nosso dia também...
Pois pois...
Parece que já não dá para "esconder" mais, não depois de ter sido anunciado em palco, em pleno Tradições...
Sim... VAMOS CASAR!!!

EM CONTAGEM DECRESCENTE PARA O DIA 25 DE JULHO!!!