Translate...

31 de outubro de 2011

Happy Hallowen...

Credits marthastewart.com  

Driving around...

Um destes fins-de-semana, como estava bom tempo (que por aqui quer dizer sol e não calor...) decidimos dar uma volta pelas redondezas... Já tínhamos passado pelo dique Afsluitdijk mas estava tanta chuva e tanto frio que não deu para parar. Mas desta vez deu. É um dique de fecho, um dique gigante que liga o norte da Holanda do Norte com a província da Frísia, nos Países Baixos, fechando o lago IJsselmeer e separando-o do Mar de Wadden. É mesmo gigante, e a sua própria construção é surpreendente... Tem um comprimento de 32 km, uma largura de 90 m, e uma altura original de 7,25 m sobre o nível do mar. É actualmente uma auto-estrada de duas faixas por sentido (a A7 ou E22) e tem também, como não podia deixar de ser, uma faixa para bicicletas corre paralela à auto-estrada.


Como ainda não era tarde, demos uma pulinho à cidade de Leeuwarden a fim de ver a Torre de Oldehove. É uma torre de uma igreja inacabada e fica localizada no centro desta cidade medieval holandesa, possuindo uma inclinação superior à da torre de Pisa, em Itália. Durante a sua construção, a torre começou a ceder, e os construtores tentaram compensar através da inserção de várias "dobras", mas o projeto foi interrompido em 1532/33. Entre 1595-1596, a igreja foi demolida mas a torre continua. Está listada como um Rijksmonument , número 24.331.

Housewarm Party...

"Hello all,

Me and Carolina would like to invite you (and your partners/family) to come to our Housewarm Party, that we planned for the 29th October. Our plan is to have Portuguese food and drinks (wine and beer)...
No passado fim de semana demos a nossa Housewarm Party, que é como quem diz a "inauguração oficial do nosso estaminé".  O que começou com um simples email tornou-se num dia de muita cozinha (que apesar do cansaço vale de todo a pena) e numa tarde / noite bem passada entre amigos, com uma mesa recheada da nossa comida e bebida portuguesa. Uma noite a repetir mais vezes... Obrigada a todos que tornaram esta noite memorável... 

Ora e no nosso menu tínhamos:
- Cogumelos Recheados com Bacon e Queijo de Cabra
- Folhados de Espinafres e Alheira
- Paté de Delícias
- Salada de Bacalhau
- Salada de Polvo
- Chouriço Assado e Pão Caseiro
- Bolinhos de Bacalhau

E de bebidas:
- Super Bock
- Casal Garcia
- Compal

30 de outubro de 2011

Can be...

Ayada Maldivas fica localizado na ilha de Maguhdhuvaa, na zona Atoll Gaafu Dhaalu. O resort é composto de 112 moradias de luxo. Águas azuis, areias brancas, vegetação luxuriante fazem deste sítio um pequeno paraíso em miniatura... Ora são duas passagens para aqui... tipo 15 dias ou um mesito... Pode ser???

Credits freshome.com
Credits freshome.com

28 de outubro de 2011

Noise...

Tendo em conta a minha conversa do outro mundo com a vizinha, que me dizia que às 8 horas da noite já era tardíssimo.... Mas o que a senhora estava chateada... Enfim...

BARULHO (Corruptela de marulho)
nome masculino
1. conjunto de sons dissonantes; ruído; 2. tumulto; desordem; 3. confusão; atrapalhação; 4. figurado publicidade; notoriedade

19 de outubro de 2011

Changing...

TRANSFORMAÇÃO (Do latim transformatiōne-, «idem»)
nome feminino
1. ato ou efeito de transformar; 2. alteração do estado normal; modificação; 3. mudança de forma; metamorfose; 4. processo gradativo de mudança de estado ou condição; evolução...
Aos bocadinhos a coisa vai-se compondo...

I have been tricked ...



Pensamento da minha princesa:


Oh diabo...
Fui enganada, com promessas de dias solarengos, tulipas e moinhos...

18 de outubro de 2011

Bread...

PÃO (Do latim pane-, «idem»)
nome masculino
1. alimento feito com farinha de trigo ou de outros cereais amassada, geralmente fermentada e cozida no forno; 2. cereal de que se faz este alimento; 3. figurado meios de subsistência; sustento; 4. figurado auxílio moral; 5. figurado, coloquial pessoa atraente...

Depois de vir para este país, fiquei um cadito frustrada como pão... Não sei, não gosto! Se há coisa que gosto na minha terra é do pão. Já tinha equacionado em Portugal comprar uma máquina de fazer pão, mas a ideia foi sendo sempre adiada (outros valores se levantaram, pois então!!!)... enfim... 
Há algum tempo sou seguidora do blog As Minhas Receitas da Joana Roque. Sou mesmo fã... Não tem conceitos rebuscados, nem ingreditentes que tenho que procurar no dicionário... Por alguma razão fiz uma pesquisa por pão e tchanammmmmmmmmmmmmmm... Achei! Confesso que não sou fã de medidas em chávenas ou colheres, por isso pesquisei mais e encontrei  em Pão, Bolos e Cia. mesmo o que precisava.


Receita original:
1,5 colher (sopa) de fermento biológico seco
1,5 colher (sopa) de sal grosso
3 chávenas de água
6,5 chávenas de farinha de trigo


Receita alterada (segundo Pão, Bolos e Cia.):
1 colher (sopa) de fermento biológico seco
1 colher (sopa) de sal grosso
700ml de água
1kg de farinha de trigo T65

PREPARAÇÃO (segundo Pão, Bolos e Cia. e as As Minhas Receitas)
  1. No recipiente de plástico escolhido (Será aconselhável usar um de plástico de 6 litros que tenha tampa. Eu comprei um do IKEA), colocar o fermento, o sal e a água. Mexer ou agitar. Juntar a farinha e mexer no centro, com uma colher de pau, até toda a farinha das bordas ficar incorporada.
  2.  Deixar levedar cerca de 2h, tapado, à temperatura ambiente.
  3. A massa está pronta para ser usada, ou pode ir para o frigorífico.
  4. Quando for para ser usada, polvilhar a superfície da massa com farinha, puxar a quantidade desejada (depende do tamanho que quer que o pão tenha) e cortar com uma faca de serra ou tesoura. Colocar numa superfície enfarinhada (aconselha-se usar sémola de milho, mas eu não tinha e por isso usei farinha normal de trigo) e tende-se uma bola amassando o mínimo possível, rodando a massa e virando para baixo as bordas.
  5. Deixe repousar no tabuleiro onde vai a cozer a massa , previamente polvilhado com farinha de milho (como não tinha isso usei farinha normal de trigo), à temperatura ambiente, durante pelo menos 30 minutos. Polvilhe o pão com um pouco de farinha de trigo e faça uns cortes na massa para que esta abra durante a cozedura. 
  6. Coloque o pão no forno bem quente (o meu estava a 230º porque é forno-microondas, talvez num normal só pusesse 200º) e deixe cozer durante cerca de 40 minutos.
Bon appetit!!!

14 de outubro de 2011

I'm tired...

Fartinha...
"Estou farto daquilo em que se tornou este país. Estou farto de estar farto deste país. Estou farto de aldrabões, de vigaristas e de ilusionistas. De "doutores" e "engenheiros", senhores que secam tudo à passagem. Farto de políticos de vão de escada e de elefante Branco. Farto de offshores sem dono. Fartos de idosos com pensões de miséria. Farto de empresas a fechar e famílias destruídas. Farto de ver amigos à rasca. Farto da justiça comprometida, de procuradoras bizarras e de um Ministério Publico caquéctico. Farto de ver pessoas desdobrarem-se para conseguirem sobreviver. Farto de indignidades e desemprego. Farto de banqueiros e de bancos metidos em todos os grandes casos de corrupção. Farto de Casa Pia e de Face Oculta. Farto da falta de vergonha na cara de quem promete o que nunca irá cumprir. Estou farto de ver miséria escondida, envergonhada pela sociedade iludida e pura de consumo, embriagados que andámos pelo excesso de dinheiro que choveu até a torneira europeia secar e voltarmos à estaca zero, com mais snack-bares e cafés, tudo a fundo perdido. Farto de ver o mérito ser apenas mais uma palavra de dicionário. Farto de filhos da mãe. Farto de assistir à promoção da estupidez, da ignorância premiada e do compadrio a alastrar. Farto de ver pessoas entregarem as suas casas aos bancos, os mesmos que financiaram a compra sem critério. O Ronaldo é que sabe mas os Martins é que vão viver para a garagem. O Mourinho é o maior e você está falido. Mas pense positivo: têm conta no mesmo banco.

Estou farto de ver acéfalos a falar de despesismo, o que se deve e não gastar, onde se deve e não cortar. Farto da falsa direita e da esquerda de sauna. Farto de conselhos dos velhos que lixaram isto tudo. Estou farto do FMI e dos ratings de empresas imorais a soldo dos EUA. Estou farto da senhora Merkel e das facturas escandalosas da EDP. Farto de gente a falar da críse sem a cheirar. Estou farto da boçalidade de Jardim e de gente que num país a sério seria obrigada a explicar o que faz e porque fez. Farto de Fundações e empresas públicas falidas. Farto da desresponsabilização. Farto de incompetência. Farto do Magalhães e do embuste das renováveis. Farto da gestão de mercearia na saúde pública. Farto de ver um Presidente da República a agir como uma jarra da vista Alegre em dia de festa no palácio. Farto de ver agricultores pagos para não produzirem. Fartinho de ver tudo a queixar-se e ninguém fazer nada e de me queixar e ser insultado - "se não gostas vai-te embora" - como se fossemos obrigados a gostar do estado em que estamos e estar caladinhos. Farto de ver gente genial partir desta selva. Ponham novamente a porcaria do Cravo nas arminhas e façamos uma revolução se os chaimites pegarem à primeira e houver gasolina nos depósitos. Uma "revoluçãozinha" à portuguesa, daquelas limpinhas, ordeiras e com paragem para pastéis de bacalhau e arroz de tomate. Povo de brandos costumes e...blá blá blá. Viva, viva a liberdade e agora toca a gamar.
Ou então façamos uma a sério, assim à grega, aqueles maluquinhos que certo dia inventaram a "democracia" e que agora são uns vândalos e tal, ou estarei enganado? Daqui a 40 anos cá estará alguém a queixar-se. Espero que não os mesmos de sempre."

Por Tiago Mesquita in expresso.pt
Quinta feira, 29 de setembro de 2011

13 de outubro de 2011

Minority Report...

Nem o Spielberg nem o Tom Cruise sabiam que iam ser responsáveis por isto...
Já lá vão 9 anos...



"Foi a noite mais bela de todas as noites que me adormeceram
Dos nocturnos silêncios que à noite de aromas e beijos se encheram
Foi a noite em que os nossos dois corpos cansados não adormeceram
E da estrada mais linda da noite uma festa de fogo fizeram..."

Estrela da Tarde
José Carlos Ary dos Santos

11 de outubro de 2011

R is for Rain...

CHUVA (Do latim pluvĭa-, «chuva»)
nome feminino 
1. METEOROLOGIA forma de precipitação de água no estado líquido sob a forma de gotas, provenientes da condensação do vapor de água existente na atmosfera; 2. figurado tudo o que vem ou cai em grande abundância; 3. Brasil embriaguez. 
Credits google.com
 ... e depois destes dias de pleno Verão em Portugal eis que chegamos!!!
Parece-me que a partir de agora temos chuvinha todos os dias...

F****...