Translate...

21 de junho de 2014

Lisboa I...

Andávamos à muito a prometer que um dia íamos conhecer Lisboa... Então mas não conheces Lisboa, dizem vocês? Ora... eu lembro-me de ir ao Zoo e à Expo 98 quando a minha irmã tinha aí 1 ano ou 2 (e ela já vai a caminho dos 18). Depois disso, ora... conheço os Jerónimos (pelo Museu de Arqueologia) e os Pastéis de Belém ali ao lado, a estação do Oriente (chegada e partida das minhas idas e vindas entre Aveiro e o Algarve) e o Vasco da Gama ali ao lado onde se trincava qualquer coisa enquanto se esperava pelo Intercidades!

Pois que nesta visita a Portugal não deixamos escapar Lisboa, e em pleno rescaldo de St. António lá fomos nós os 3... A logística é diferente, entre sopas e papas, cocós e xixis, a cidade é grande, e para ajudar à festa no fim de semana que fomos estavam uns simpáticos 39º!!! Não galgamos a cidade dita das 7 colinas, mas passeamos bastante, com a benesse de ainda termos conseguido dar um olá a alguns amigos (e porque o tempo não estica não conseguimos estar com todos, aqui fica entaão uma grande beijoka para quem não conseguiu apertar as bochecchas do Sebastião).


Chegamos na sexta, e depois de um almoço prolongado com a tia Gabi (numa tentativa de fugir do calor) fomos até ao Castelo de S. Jorge. Ao contrário do que possa parecer, o aspecto medieval do castelo não se deve à sua preservação, mas à grande campanha de reconstrução levada a cabo na década de 1940. O preço normal do bilhete é de 7.50€, o espaço é catita (sendo que os acessos a pessoas com mobilidade reduzida ou carrinhos de bebés não são famosos...) e sem dúvida que do castelo podemos ter uma das mais belas vistas sobre a cidade de Lisboa e o rio Tejo.


Foi uma tarde bem passada sim senhor... O Sebastião ainda dormiu uma soneca, mas o que ele queria mesmo era ver e escutar com muita atenção a conversa dos mais crescidos! Sim... dormir as sestas nas férias é um caso complicado, ainda assim portou-se muito bem ;) Seguimos depois para o Isel, para acabar o dia com mais amigos, por entre umas bejecas, caracóis e bifanas. Facto: o Sebastião gosta de confusão, música e abracinhos ;)

Sem comentários: