Translate...

6 de junho de 2014

Book Fair...

C.M.Aveiro
De 6 a 22 de Junho decorre a 39.ª Feira do Livro de Aveiro – “No Mercado” - numa organização da Câmara Municipal de Aveiro e de um grupo de Livreiros, contando ainda com o apoio de diversas instituições e associações locais que irão dinamizar diferentes actividades ao longo dos 17 dias do certame.

Este ano a Feira do Livro de Aveiro conta com uma novidade que se prende com a localização no interior do Mercado Manuel Firmino, que estará aberto com diferentes operadores a aderirem para além do horário normal, como venda de flores, cafés, esplanadas etc. Lembramos também a disponibilidade de estacionamento subterrâneo desta estrutura. Na feira vão expor e vender nove livreiros/ distribuidores/ editores, estando representadas mais de 120 editoras.

Durante os dias em que decorre a feira, é apresentado um conjunto de eventos para as crianças e público em geral, como a literatura infantil, hora do conto, sessões de autógrafos, tertúlias com escritores, poesia, teatro, música, atelier e workshops diversos.

O programa completo da Feira do Livro de Aveiro pode ser consultado aqui.

Segundo o Plano Nacional de Saúde, as crianças desenvolvem-se melhor e têm melhores resultados na escola quando contactam com livros diariamente. Há quem pense que as crianças só começam a aprender a ler quando vão para a escola. Na verdade a capacidade de ler desenvolve-se desde o primeiro ano de vida e deve ser treinada regularmente com a ajuda da família.
  • O que a criança faz com livros: Observa os livros e estica-se para os agarrar. Leva os livros à boca. Vira as páginas com a ajuda dos adultos. Tem interesse por imagens e caras de pessoas. Reage às imagens e à voz dos adultos com sons e gestos.
  • O que os pais devem fazer: Sentar a criança confortavelmente mostrar-lhe o livro, apontar as imagens, dizer o nome do que está representado na ilustração, das cores, dos sentimentos, etc. Repetir o nome de cada coisa para ajudar a criança a ligar o som das palavras ao significado. Brincar com as palavras e encorajar a criança a responder. A comunicação estimula o desenvolvimento e reforça os laços afectivos. Ajudar a criança a virar as páginas. Observar a criança para a interessar sem cansar. Captar as reacções para continuar ou parar. Brincar e interagir, dando atenção à criança e mostrando-lhe que compreende o que ela quer fazer.
  • Livros mais adequados: Coloridos, com fotografias de crianças ou imagens grandes e nítidas de objectos familiares. De cartão grosso, de pano ou plastificados. Com páginas fáceis de virar. Resistentes e laváveis. Macios, com diferentes texturas ou com buracos para a criança os poder explorar com os dedos. Interactivos, com partes móveis (agradam às crianças, mas não são resistentes).
Porque os livros nos permitem sonhar, é importante começar cedo na aventura dos livros. O Sebastião já tem uns quantos, vou contando histórias e ele ri-se e olha atento para os desenhos, ou então gosta mesmo é de os por na boca ;) Mas ainda assim acho que ele gosta! Se o tempo ajudar, havemos de passar um destes dias à procura destes:
O Avião do Sebastião, As Partidas do Sebastião

Sem comentários: