Translate...

21 de setembro de 2015

Engineer...

Ser emigrante também é isto... Estar longe mas querer estar sempre perto!

Hoje foi um dia bom, um dia muito feliz... o meu mano André acabou o curso, defendeu a tese... e é Engenheiro... Estou tão, mas tão feliz que acho que ainda não estou em mim... Chorei quando me disse na sexta-feira que ia defender hoje... e chorei de alegria, de um orgulho imenso quando ele me ligou à tarde:
"Manita, está feito!"

Dei-lhe duas de conversa e passeio o telefone ao Bruno. Desfiz-me em lágrimas no quarto... estou para aqui a escrever e já tenho lágrimas no teclado. Estou tão feliz, porra!!! Estou feliz e ao mesmo tempo sinto uma tristeza na alma que me parte o coração... não estou lá para o abraçar, para o encher de beijos, para lhe dar os parabéns, para festeja e ir com ele prós copos... não estou lá para lhe dizer o quanto estou feliz e orgulhosa pelo meu mano... não estou lá... estou aqui...

A vida não foi fácil connosco... tanta coisa podia ter corrido mal... mas ele hoje com muito esforço e espírito de sacrifico chegou até aqui! Lembro-me das miúdas da escola me darem chupas-ácidos e pastilhas da Barbie para eu interceder a favor delas contigo (eras giro como o raio...), lembro-me de ter ido estudar para o Porto e de esperar pelo fim- de-semana para por as nossas cusquisses em dia, lembro-me de termos ficado distantes e de um dia te dar um estalo (que ainda me doí no coração), lembro-me que depois disso não em falamos por mais de 2 meses, mas quando me perdoaste ficamos os melhores amigos...

Lembro-me daquele Verão que passaste a trabalhar em carpintaria numas obras, e em que no fim me entregaste todo o teu dinheiro desse trabalho e me disseste: "É para as tuas propinas..." Lembro-me do dia em que a nossa vida mudou, um sábado num corredor do Hospital Universitário de Coimbra, sem sabermos o que fazer à vida, nos disseram, "Vocês já são grandes, desenrasquem-se!"... Na semana a seguir começaram os exames e tu entraste em Engenharia Mecânica...

Não foi fácil acabar o curso... a vida pregou-te partidas muitas vezes,  o tapete foi-te tirado dos pés mais vezes ainda... A tua vida não foi justa, mas tu não lhe deste tréguas!!! Hoje chegaste ao fim desta tua grande empreitada! Mostraste ser honesto, trabalhador e persistente... e hoje esse teu trabalho, essa tua luta deu frutos!

És o meu orgulho, és uma força da natureza, és o meu irmão, és o tio do Bastião, serás sempre o meu menino também... mas agora... 
Carago!!! Agora és também o meu engenheiro!!! 
Ao meu lado num dia muito especial...

3 comentários:

ML disse...

Até me emocionei ao ler. Parabéns a ele!

Por aqui passa-se o contrário o emigrante é o meu irmão e eu tenho tantas mas tantas saudades dele!

Carolina Mendonça disse...

Obrigada ML...

Acho que ontem, mesmo mais do que no Natal, custou-me muito. Este meu irmão é um doce de menino, estou mesmo orgulhosa. Mas já não falta para muito para o encher de abraços!!!

Esta vida de quem está fora não é fácil... valha-nos o skype, os facebooks e afins...

Beijinhos ;)

amigos das onze horas disse...

Parabéns por ter acabado o curso. Ele parece de facto muito especial!
beijinhos