Translate...

2 de setembro de 2015

Prague II...

Segundo dia... Depois de um belo pequeno-almoço lá fomos nós à descoberta da cidade de Praga, desta vez seguimos para o bairro Malá Strana, que é como quem diz mais coisa menos coisa, cidade pequena. 

Ponte Most Legií - Ponte Legião
Karlův most - Ponte Carlos

Apesar do dia ter acordado cinzento, estava calor e muita humidade. A ideia era usar o cartão de transportes que tínhamos comprado no aeroporto e sair já do outro lado do rio, para poupar as pernocas... Pontaria das pontarias, apanhamos o dia do Triatlo de Praga e os trams (eléctricos...) não estavam a passar para a outra margem.

Nozes...
Triprague
Não foi tão mau assim... saímos lá perto e vimos o Národní divadlo (o Teatro Nacional, que apesar de estar parcialmente em obras é um belo dum edifício...) e passamos para o outro lado pela ponte Most Legií, sendo que ainda vimos alguns dos participantes a sair da água, e seguirem para a parte da corrida.

No Funicular...
Štefánik Observatorya - Observatório de Praga
Petřínská rozhledna - Torre Eiffel miniatura
Seguimos para o monte Petřín. Esta colina tem uma altura máxima de 327m e está quase totalmente coberta com parques e uma imensa área florestal. Para além de ser um espaço porreiro para por os miúdos à solta, tem também alguns pontos de interesse como o Funicular, o Štefánik Observatorya (o observatório de Praga), o Petřínská rozhledna (uma torre que se parece bastante com a Torre Eiffel), o jardim das rosas (não se preocupem se não virem porque basicamente são meia dúzia de roseiras espetadas num jardim...), Maze Bludiste (um labirinto de espelhos mas não dá para levar carrinho e o piqueno estava vai não vai para dormir...) e, que me lembre a Kostel svatého Vavřince (Igreja de São Lourenço).


Foi giro, subimos no Funicular (desde já lhes digo que o acesso a pessoas com mobilidade reduzida é nulo... tem vários acessos com escadas...) o Sebastião colaborou dentro do possível e acho que até gostou da viagem. Demos uma volta pelos jardins, descemos pelo parque até meio, e fizemos o resto da viagem de volta novamente pelo Funicilar.

Da esquerda para a direita:
Kostel Panny Marie Vítězné - Igreja de Nossa Sra. Vitoriosa; Kostel svatého Mikuláše Igreja de S. Nicolau
Kostel svatého Mikuláše - Igreja de S. Nicolau
Almoçamos numa pizzaria (entre pizzas e massas safa-mo-nos bem com o piqueno) e seguimos para o lado do castelo. No caminho passamos pela Kostel Panny Marie Vítězné (Igreja de Nossa Sra. Vitoriosa) e pela Kostel svatého Mikuláše (Igreja de S. Nicolau). Na primeira passamos só por fora, o Bruno ainda espreitou, eu fiquei com puto no carrinho que já estava em modo quase sesta, e na segunda, já ele dormia, fomos à vez e acabamos por descansar da caminhada nos degraus da igreja.

Vista do Castelo de Praga... Ao fundo o monte Petřín
Arcibiskupský palác - Palácio do Arcebispo

A subida para o castelo é de valor... O Bruno, que insistiu ser ele a empurrar o carrinho o tempo todo, chegou lá cima bem derreadinho... e eu também!!! Ora, segundo o Guinness World Records o Pražský hrad (Castelo de Praga) é o maior Castelo do Mundo, ocupando uma área superior a 72,5 mil m². A sua estrutura foi sendo aumentada e modificada, com a chegada de novos imperadores, reis e presidentes, tendo sido desde sempre, a sede de Governo e a residência oficial do chefe de Estado.

Katedrála svatého Víta - Catedral de São Vito

Deste grande complexo destaco a grandiosa Katedrála svatého Víta (Catedral de São Vito) com a sua gigantesca fachada de inspiração gótica e os seus maravilhosos vitrais coloridos, espelho da obra de vários artistas checos. O miúdo acordou, roeu o seu lanche e teve de esticar as pernocas... Bem, o raio do piqueno acordou com a pica toda e fartou-se de correr pelo grande pátio que ladeia a catedral... Tivemos que nos revezar por turnos, porque este pequenote nem sequer olha para trás quando começa a correr e nem se assusta quando nos deixa de ver... um verdadeiro perigo!!! 

Bazilika Sv. Jiří - Basílica de S. Jorge

Já não se quis sentar mais, quis continuar à descoberta pois claro! Lá seguimos então caminho, passando pela Bazilika Sv. Jiří (Basílica de S. Jorge) em direcção ao Muzeum hraček (Museu do Brinquedo). Confesso que depois de algumas reviews que li fiquei um pouco desiludida... mas a verdade é que o facto de estarem praí uns 30 graus e um museu que, teoricamente de destina a crianças, estar localizado num 3.º andar de um edifico SEM ELEVADOR, com umas belas dumas escadas em madeira, e para ajudar à festa NÃO TER AR CONDICIONADO... enfim... coisas destas não ajudaram a que eu tenha desfrutado muito da exposição... Já o pequeno, escusado será de dizer que adorou!!!


Ora diz que o Museu de Brinquedos de Praga contém uma colecção que inclui animais de madeira, carrinhos, barcos em miniatura e outros brinquedos com mais 150 anos. Possui uma grande colecção de Barbies que se destaca pela sua extensão histórica, desde as primeiras bonecas fabricadas em 1959, até às bonecas mais actuais. 



Derreadinhos com este grande dia de passeio, acabamos por ir descansar e refrescar-mo-nos para o hotel. Jantamos, a concelho de uma das funcionárias do hotel, no restaurante Kolkovna Celnice e adoramos. A comida era mesmo boa (e nada cara), o serviço foi atencioso e simpático, a cerveja e a cidra estavam no ponto e, o que me ficou mesmo marcado foi as opções de menus infantis sem nada de junk food!

Sem comentários: