Translate...

10 de fevereiro de 2015

Not all superheros wear capes...

Credits mom.me

Hoje uma notícia do Sol tinha este título: O que as mães fazem e não contam a ninguém. Ora a questão é simples... se as mães não contam a NINGUÉM como é que os senhores sabem? Adiante... O artigo até acaba por ser engraçado... As mães são acima de tudo super-heróis sem capa... 


  • Tomam menos banho desde que são mães Muitas mães confessam que desde que são mães tomam banho menos vezes, por falta de tempo ou porque não sabem onde pôr o bebé enquanto tratam de si. Em mais de 19 mil mulheres que responderam ao teste anónimo, 78% afirma que reduziu o número de banhos, ao contrário de 22% que não o fez... 
Há sempre a opção de tomar banho quando o marido chega à casa!

  • Preferem uma noite de sono completa a sexo - Quando questionadas sobre qual seria a sua escolha perante uma noite de sono ou de sexo, a maioria das leitoras do Baby Center escolhe dormir. São 72% de mais de 7500 mães a preferir descansar do que fazer amor com os parceiros...

Não confirmo nem desminto! Só vos digo... passem lá 3 ou 4 meses sem
dormir um noite completa e depois digam qualquer coisa!!!


  • Saltam banhos do bebé - A maioria das mães já deixou de dar banho ao bebé. As razões são as mais diversas e muitas vezes não há nenhuma maior do que a preguiça. Ainda assim, mais de metade das inquiridas (51%) garante que nunca deixou de dar o banho diário ao bebé. As restantes confessam que já o fizeram algumas vezes, umas com mais frequência que outras. 

Aqui a pergunta que se põe é só uma: Banho diário? Para quê?
No Verão teve que ser, que o meu pequeno transpira em bica,
mas agora no Inverno já não vejo necessidade. 
"Segundo (...) especialistas, o número crescente de casos de eczema atópico está relacionado com o excesso de banhos e com a utilização de produtos agressivos para a pele. Os defensores da redução do banho lembram que os bebés não se sujam, praticamente não suam e não cheiram mal, por isso não necessitam de lavagens compulsivas. Em conclusão: dê-lhe banho quando achar que é preciso, se passar um dia ou dois sem banho não há problema algum."
  • Sentem-se aliviadas quando saem para trabalhar - Cansadas de trocar fraldas, convencer o bebé a dormir e desejosas de estar sentadas uns instantes, muitas mães confessam já ter sentido alívio na hora de ir para o emprego. Em mais de 7800 respostas, 56% diz ter passado por essa sensação.
Aliviadas não direi... Acredito que ficam com o coração pequenino de ter de deixar a cria...
Agora também vos digo, que os dois dias que ele vai à creche são revitalizantes ツ

  • Fazem desaparecer brinquedos irritantes - O bebé adora aquele piano cheio de cores e sons que ofereceram quando nasceu mas a mãe já não aguenta ouvir a mesma musiquinha e cãozinho a ladrar. E há um dia que o piano vai parar ao fundo do armário. Não é a maioria esmagadora, mas são quase metade (47%) as progenitoras que confessam ter feito desaparecer brinquedos barulhentos.

Confere!!! Ou então deixo acabar as pilhas e não troco.
É que te-los a tocar todos ao mesmo tempo é dose...


  • Fingem que não viram o bebé a fazer xixi na banheira - Está tudo a postos para o banho do bebé, o jantar espera na cozinha, o irmão mais velho reclama. E o mais pequeno decide escolher o momento em que entra na água para fazer xixi. O que faria? Trocar a água e dar novo banho ou ignorar? Saiba que a maioria das mães (76% de quase 27 mil mulheres) finge que nada se passou e continua a dar banho.
Fingir? Fingir não finjo, eu sei, mas não me dou o trabalho...
No fim leva uma chuveirada e está feito...

  • Já mentiram ao pediatra - Quase cinco mil mães responderam à pergunta “alguma vez mentiu para o médico do seu filho?”. Mais de metade confessa já ter mentido pelo menos uma vez ao médico de família ou pediatra que acompanha o filho. 
Menti não menti. Aqui o conceito é diferente... Já tive que pintar um bocadinho a coisa para me marcarem uma consulta. É que 3 dias com febre alta (mais de 38º) não é considerado grave...

  • Por vezes acham que não foram feitas para ser mães - Em mais de 6800 progenitoras, 42% respondem que por vezes sentem que a sua vocação não passa por ser mãe.
Tem dias... em que a paciência se esgota, em que se chega aos limites,
em que estamos cansadas... Mas é só um sorriso daquele sacanita e tudo (vá, quase tudo) passa!

  • Já usaram a sua camisola para limpar o nariz dos filhos - O bebé espirra e fica com ranho até à testa. É urgente resolver a situação antes que a minúscula mão esfregue tudo. A mãe não tem absolutamente nada à mão e num ápice usa a própria camisola para resolver o assunto e depois logo se vê. O bebé em primeiro lugar. Por esta situação já passaram muitas mães, a esmagadora maioria, segundo o teste do Baby Center, no qual 62% de quase cinco mil mães dizem já o ter feito.
A camisola, a minha de toalha de banho, o pano da loiça...
enfim, o que estiver à mão!

5 comentários:

São Gémeos disse...

Ehehe, gostei!

São Gémeos disse...

Ehehe, gostei!

Carolina Mendonça disse...

E podíamos juntar mais uns quantas...
-apanhar vómito com as mãos;
-tirar macacos do nariz;
-amparar repuxos de xixis com a mãos...
-etc...

Bruno BaKano disse...

Os pais (homens) não precisam de estar ao pé dos filhos para tirar macacos do nariz. Tiram é do nariz deles :-D

Carolina Mendonça disse...

... ai marido!!!