Translate...

6 de julho de 2015

World Press Photo, 2015

Já não íamos há dois anos... porque fomos deixando deixando... até que passou... Este ano ia acontecendo o mesmo! Mas não... lá conseguimos ir ver a World Press Photo, na Nieuwe Kerk. 

2014 foi um ano de notícias implacáveis, entre os conflitos armados na Ucrânia e na Faixa de Gaza, a dissolução da Primavera Árabe, e terrível epidemia de Ébola em África... De entre 97.912 fotos feitas por 5.692 fotógrafos de 131 países diferentes, foi ao foto-jornalista dinamarquês Mads Nissen que coube a honra de ser o grande vencedor da edição de 2015.

Credits worldpressphoto.org
Credits, World Press Photo of the Year Mads Nissen

A imagem vencedora retrata um momento íntimo de um casal homossexual em São Petersburgo, na Rússia, país onde as minorias sexuais enfrentam uma forte discriminação social e legal e crescentes ataques por parte de grupos religiosos conservadores e nacionalistas. Em 2013, a Rússia adoptou legislação que proíbe "propaganda de relacionamentos sexuais não tradicionais" ilegalizando a participação em manifestações homossexuais e discursos em defesa dos direitos homossexuais.


Não correu mal, até ao momento em que (por burrisse, até porque o moço estava descansadito) o tiramos do carrinho! Depois vimos o resto à vez, sendo que um tinha que andar atrás do terror, que parece que tinha encravado no modo "correr isto tudo, várias vezes, vezes várias..."

Sem comentários: