Translate...

16 de junho de 2010

O Bolo...

Quem não se lembra de um vistoso e saboroso bolo de casamento simbolizando um testemunho de felicidade? Como um dos protagonistas da recepção, convém dar-lhe o devido destaque, como por exemplo não colocar o bolo próximo de um vidro, pois as fotografias não resultam bem com o reflexo.

Nos dias correntes existem vários estilos de bolos de casamento, e é claro, tudo depende do estilo do casamento, formal ou informal. Mas como em tudo, o bolo deve de estar em coerência com o vosso estilo, com o casamento e com a formalidade da festa. Num casamento formal - depois dos hors d’oeuvres, e de uma refeição de três pratos - normalmente os convidados não estão na disposição de comer sobremesas seguidas do bolo de casamento. Neste caso, aproveitem e poupem algum dinheiro servindo o bolo como única sobremesa.

Um bolo de casamento pode ter a forma e sabores que desejarem, tais como: cenoura, limão, chocolate; pode até ser um típico bolo de casamento francês: uma elegante cascata de profiteroles… Podem optar por decorar o bolo não apenas com flores, mas usar algo diferente, como frutos silvestres ou um misto de vários. Na altura de decidirem o género de bolo de casamento que desejam, devem decidir o seu tamanho; para isso devem contar cerca de 100 gramas de bolo por pessoa.


Embora o bolo de casamento não desfile nas passadeiras de moda, também segue tendências – hoje em dia existe a opção de conceber o bolo de casamento como um conjunto de miniaturas individuais (semelhantes a pequenos queques) colocadas numa torre elaborada, em número suficiente para todos os convidados. Esta opção é atractivamente agradável a nível visual.




E o nosso como irá ser?

Sem comentários: